COLUNA #172 | As transmissões por streaming e o acesso a internet, por Alipio Jr.


Nos últimos meses muito se tem falado sobre a mudança na forma de se assistir aos eventos esportivos, como consequência dos novos tempos. E o discurso mais repetido é o de “o futuro chegou”, como se a chegada do futuro bastasse para justificar qualquer mudança, apesar dos atropelos provenientes dessa mudança.

Uma das coisas que mais me incomoda nas mudanças é a segregação que será causada. Num país de tantas disparidades como o nosso, qualquer alteração vai reverberar em muitas camadas sociais e o esporte, desafogo para tantos, deixa de ser acessível como (penso eu) deveria.

Colunista tem medo da segregação nas transmissões apenas por streaming (Reprodução/DAZN)
Isso não quer dizer que eu seja contra o progresso, quero que os produtos não sejam comercializados ou coisa do tipo. Longe disso. Apenas é preciso rever algumas coisas e pensar no todo.

Até por conta disso achei muito boa a parceria do DAZN com a Rede TV, por exemplo. Ao transmitir os jogos dos times brasileiros da Sul-Americana, gerou concorrência, expôs na TV aberta e demonstrou que o público está interessado no time e não no canal. É só verificar os índices de audiência do dia e a repercussão nas mídias sociais.

Alipio Jr.
@alipiojr
Quando transmite só no YouTube, como já faz com outros produtos o acesso é restrito demais. A internet no país é péssima, até mesmo em boa parte das capitais, nossa acessibilidade é péssima e televisão com acesso na internet não é tão presente assim em boa parte das residências nacionais. Explicar para o torcedor que ele será impedido de ver seu time por causa do progresso, é bem complicado.

Com o decreto do CADE, obrigando a venda de um dos canais esportivos da DISNEY, o mercado ficou alvoroçado. A notícia veiculada no blog do Ohata dá conta que o DAZN é um dos candidatos e a RedeTV! apareceu como interessada. Uma parceria entre os dois seria ótimo. Permitiria fazer algo parecido com Esporte Interativo e Facebook. A diferença é ter um jogo na TV aberta e outro na internet, expondo para todo mundo.

Já aproveita e contrata esse povo todo, para não deixar ninguém desempregado pois a audiência dos canais FOX Sports não é pequena e virá junto, mexendo com o sorriso dos anunciantes do canal.

As opções são muitas e diversas. O meu único desejo é que o futebol (e todo e qualquer esporte) esteja sempre acessível para todas as classes sociais e em todas as cidades do país onde for possível. Acho que não é pedir muito.

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no INSTAGRAM.



COLUNA #172 | As transmissões por streaming e o acesso a internet, por Alipio Jr. COLUNA #172 | As transmissões por streaming e o acesso a internet, por Alipio Jr. Reviewed by Ribamar Xavier on quarta-feira, março 20, 2019 Rating: 5

7 comentários:

  1. Atualmente, o que temos na tv aberta é um jogo na quarta 21:30, um no domingo 16:00 na Globo, NBB sábado as 14:00 na Rede TV, Inglês e Italiano, aos sábados na Rede TV, 14:00 e 16:00.

    Ou seja, com trocentos canais ditos gratuitos na tv, são 5 jogos por semana. Alipio, gosto muito da sua coluna, respeito sua opinião, mas "Colunista tem medo da segregação nas transmissões apenas por streaming", isso já acontece faz tempo, a diferença que antes não tinha nenhuma outra opção e agora tem a internet.

    ResponderExcluir
  2. Conversa afiada de quem está vendo a velha mídia ir pro saco, quando o Atletiba foi mostrado no YouTube todos os torcedores em todo estado do Paraná e fora dele puderam acompanhar e com boa qualidade, agora onde eu morava na Bahia o sinal de TV aberta que chegava era apenas da TV Globo e de péssima qualidade para mostrar apenas jogos do Flamengo e do Corinthians, agora todo mundo tem um celular e internet certamente em alguns lugares a qualidade não será tão boa mas poderão assistir o próprio time...

    ResponderExcluir
  3. As vezes datas da copa do Brasil e libertadores tem bons jogos no mesmo dia,mas,como só uma emissora tem cacife pra comprar,temos que ficar com apenas uma partida.

    ResponderExcluir
  4. Alípio, suas opiniões são totalmente contrárias as minhas. Vamos lá, 1° - Streaming não vai segregar as pessoas, pelo contrário, vai trazer mais gente pra assistir. Quantas pessoas tem acesso a tv a cabo? dentro de uma visão residencial, nem todo mundo quer pagar por uma tv a cabo, e uma ou duas pessoas se interessam, já a internet é uma coisa que todo mundo concorda em instalar, ou seja, tv a cabo é luxo, internet é necessidade. Daí é muito melhor pro cara pagar 20 reais por mês em uma tv de esporte, do quê pagar 150 por uma tv a cabo que o cara não assiste a 80% dos canais, e tem que morrer nesse monopólio. 2° Internet ruim, isso é um realidade, mas por exatamente ser mais um mercado que a internet vai ter, eu não duvido que aumente os investimentos na internet, infelizmente nosso país é fechado a monopólios, e só a tecnologia forçando a barra para que o serviço se expanda e melhore. 3° - Fazer parceria, manter todo mundo, é muito lindo isso quando vc não paga as contas, seja realista, a parceria com a redetv é apenas para fazer propaganda, quando for inútil certa altura dos acontecimentos, ai deixar de existir, a redetv é uma empresa quase falida. Sinceramente eu tô nem aí para tv aberta, sempre foi um conteúdo lixo e da pior qualidade, e sempre relegou o futebol a segundo plano, com um jogo perdido pela 22 horas da quarta e no domingo sempre escolhendo o pior jogo pra ser mostrado. Quanto aos empregados, se a DAZN fosse um empresa série acabava com aaquele lixo do fox rádio, e tirava meia dúzia de comentarista ruim que tem ali. 4 - Streaming é um futuro sim, e vai dar oportunidade pra muita gente ter acesso a esporte que antes nunca teve. Essa migração realmente irá demorar até chegar o momento que a infraestrutura estará boa o suficiente para só ter coisas pela internet. Alípio a google está pensando em fazer rodar games por streaming, onde os super pcs dela irão reproduzir os jogos, ou seja, vc vai poder jogar com pc ruim, smartphone ruim um jogo pesado, imagina tv por streaming,é o futuro e irreversível mas a migração completa ainda há de demorar. E que venha DAZN, e veremos quem fará mais sucesso. Reveja suas ideias, o poder da internet é impressionante, não fique preso na idade das pedras, veja o bonde passar e acompanhe.

    ResponderExcluir
  5. Eu penso que seria mais justo, se houvesse a opção de ver tanto pela tv quanto pelo streaming alguns determinados eventos, não é ficar na idade da pedra,é questão de justiça. Pode não parecer, mas há lugares aqui no Brasil que ainda não há acesso a internet e como o colunista falou até mesmo nas capitais é assim, imagina em cidades de interior como a minha, aonde a tv aberta e a tv por assinatura ainda são revelantes. Por exemplo, minha cidade fica no interior do RJ e os jogos de Botafogo e Fluminense pela sul-americana com transmissão do DAZN, em nenhum bar praticamente estava passando o jogo, ao contrário do que acontece com frequência nos demais jogos desses times com transmissão da tv.
    Sou a favor da DAZN aqui no Brasil, da experiência de ver jogos pela internet,mas a tv ainda tem sua relevância (a audiência dos jogos do Corinthians na Redetv! é prova disso) e não se surpreendem se caso a DAZN vir comprar o Fox Sports, ela entrar nas tvs por assinatura no lugar da Fox(além do app de streaming dela)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mateus, até concordo contigo, mas do jeito que é desenvolvido o tema, parece que a internet está acabando com os jogos na tv, e isso não é verdade, pois faz tempo que a tv aberta é limitada nas transmissões. Quanto a tv a cabo que vc citou, a maioria das operadoras de tv por assinatura também tem o serviço de internet, ou seja, se um chega e o outro não, é um pouco pra não dizer muita falta de vontade deles de melhorar a qualidade do serviço.

      Excluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.