Jogador acusado de agredir repórter de rádio é multado pelo Sport


No último domingo (17), após o clássico contra o Santa Cruz, o atacante Juninho, do Sport, foi acusado de agredir o jornalista Victor Pereira, da Rádio CBN de Recife. O jogador ainda ofendeu o repórter nas redes sociais e hoje, após uma reunião, acabou multado pelo próprio clube. Ele ainda terá de doar 20 cestas básicas para uma instituição. As informações foram publicadas pelo UOL Esporte, por Marcello De Vico.

"Em comum acordo, chegamos a um desfecho equânime para ambas as partes. Desde já, o Sport Club do Recife esclarece que abomina todo e qualquer ato de violência, e acredita que o esporte é um espaço para inclusão e congraçamento. Diante disso, e em decisão conjunta, informamos que o atleta irá doar 20 cestas básicas para instituição escolhida pelo próprio repórter", divulgou o Sport, após reunião realizada hoje no clube. Estiveram presentes o vice-presidente de comunicação do Sport, Jurandyr Gayoso, o diretor de futebol Nelo Campos, o próprio repórter e o presidente da Associação de Cronistas Desportivos de Pernambuco (ACDP-PE), André Luiz Cabral.

(Williams Aguiar/Sport)
Juninho irá se retratar publicamente e fará a entrega das cestas básicas na semana que vem. A ação contará com divulgação do próprio clube e cobertura intensa da própria imprensa local. Internamente, o próprio Sport se mostra totalmente consciente do erro do atleta e ainda oferece apoio ao repórter que deve prestar queixa na delegacia em novo desconforto envolvendo o atleta.

Juninho voltou aos gramados no domingo anterior (10), contra o Petrolina, pelo Campeonato Pernambucano. O jogador, porém, não gostou das postagens do repórter que diziam que ele havia deixado o campo irritado e teria chutado uma placa de publicidade na saída de campo, mesmo com o resultado positivo.

"Apesar da vitória por 3 a 0, alguns jogadores do @sportrecife deixaram o campo chateados. Adryelson acelerou os passos e não quis conversar com a imprensa. Logo em seguida, Juninho saiu dando soco e chute na placas e ignorando o mascote que foi brincar com ele", escreveu Victor Pereira no Twitter.

"Na semana passada, ele teve a primeira oportunidade depois de tudo que aconteceu nos anos anteriores. O Sport venceu por 3 a 0, mas ele deixou o campo bem irritado, chutou a placa de publicidade. O que é algo corriqueiro. O que chamou a atenção foi o fato de ter sido depois de uma vitória por 3 a 0. Eu noticiei isso no ar. Não apenas eu, mas todos os outros colegas. Só que eu fui o único que postou no Twitter", contou o repórter.

No dia seguinte ao jogo contra o Petrolina, Juninho postou uma série de vídeos no Instagram ofendendo o jornalista e afirmando que ele não tem provas de tudo que publicou. Já domingo último, após a derrota no clássico contra o Santa Cruz, terminou a partida expulso após ofender o árbitro e deu um tapa no braço do repórter Victor Pereira antes de seguir para os vestiários.

"Na segunda-feira, ele usou o print do meu Twitter para me xingar via rede social, me desqualificando, dizendo que eu estava mentindo e etc. Ontem, o Sport perdeu por 1 a 0 para o Santa, ele foi expulso. Quando eu estava entrevistando um jogador do Sport à beira do gramado, ele passou por mim, me deu um tapa no braço que segurava o microfone e começou a gritar me xingando e me intimidando. Isso na frente de várias testemunhas", acrescentou.

Confira a nota divulgada pelo Sport:

O Sport Club do Recife vem através desta informar que, em relação ao acontecido entre o atleta do Clube, Edmar Ribeiro da Costa Júnior (Juninho) e o repórter da rádio CBN Recife, Victor Pereira, no último domingo (17), no estádio do Arruda, foram recebidos pelo Vice-presidente de Comunicação do Sport, Jurandyr Gayoso, e o Diretor de Futebol Nelo Campos, na Sede Social do Sport, na tarde desta segunda-feira (18): o próprio repórter e o presidente da Associação de Cronistas Desportivos de Pernambuco (ACDP-PE), André Luiz Cabral, e, em comum acordo, chegamos a um desfecho equânime para ambas as partes.

Desde já, o Sport Club do Recife esclarece que abomina todo e qualquer ato de violência, e acredita que o esporte é um espaço para inclusão e congraçamento. Diante disso, e em decisão conjunta, informamos que o atleta irá doar 20 cestas básicas para instituição escolhida pelo próprio repórter.

Elucidamos que o ocorrido em momento algum acarreta um entrevero entre os envolvidos. E, tanto o atleta quanto o repórter, irão prosseguir com suas atividades de forma normal e transparente, como é de praxe acontecer dentro das dependências do Sport Club do Recife ou qualquer lugar em que o Clube esteja representado.

Certo de que o acordo é uma forma imparcial e justa de resolver tais questões, damos por encerrado o acontecido.

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no INSTAGRAM.



Jogador acusado de agredir repórter de rádio é multado pelo Sport Jogador acusado de agredir repórter de rádio é multado pelo Sport Reviewed by Ribamar Xavier on terça-feira, fevereiro 19, 2019 Rating: 5

2 comentários:

  1. Ótima medida. Agressão, seja física ou moral, deve ser punida. A agressão não pode ser considerada normal e como uma reação aos comentários do repórter ou de qualquer outra pessoa. Caso contrário, estaremos caminhando para a selvageria entre os homens.

    ResponderExcluir
  2. Só faltou uma punição pro reporter também, provoca, apanha e depois sai de vítima ainda.

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.