Clubes analisam proposta de R$ 3 bilhões por 10 anos de direitos internacionais do Brasileirão


Em reunião na CBF na tarde desta quinta-feira (7), os clubes tomaram conhecimento de proposta bilionária pelos direitos internacionais do Campeonato Brasileiro: um total de US$ 800 milhões (R$ 3 bilhões) por dez anos oferecidos pelo fundo Prudent. A informação é do UOL Esporte, por Rodrigo Mattos.

Há ainda outra oferta com valor próximo por ano (não foi revelado o montante) com prazo de quatro anos. Agora, a Ernst & Young terá de conferir as garantias financeiras do grupo para saber se é uma oferta confiável.

(Reprodução)
O contrato é quase igual ao valor inteiro dos direitos pagos pela TV Globo para a CBF pela Copa do Brasil – que totaliza R$ 350 milhões. Com isso, os clubes faturariam por um direito em que atualmente não ganham nada algo similar a uma das competições mais rentáveis da temporada.

Nesta quinta, os clubes estudaram as propostas selecionadas e separada duas deles, uma do fundo Prudent apenas para direitos internacionais, a outra de outra empresa para placas e direitos. Há ainda outras propostas por placas.

No caso do Prudent, a proposta é de uma garantia mínima de US$ 80 milhões (R$ 300 milhões) por ano pelos direitos do Brasileiro pelo prazo de dez anos. Com o compromisso longo, poderia desenvolver a divulgação do campeonato durante o período para atingir o maior valor no futuro. Afinal, o negócio será revender os direitos para televisões pelo mundo.

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no INSTAGRAM.



Clubes analisam proposta de R$ 3 bilhões por 10 anos de direitos internacionais do Brasileirão Clubes analisam proposta de R$ 3 bilhões por 10 anos de direitos internacionais do Brasileirão Reviewed by Ribamar Xavier on sexta-feira, fevereiro 08, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário:

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.