Cade aprova compra da FOX pela Disney, condicionada a venda do FOX Sports


Na sessão de julgamento desta quarta-feira (27), o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, com restrições, a aquisição da FOX pela Disney. A operação recebeu o aval condicionada à venda do canal Fox Sports, entre outras medidas negociadas em um Acordo em Controle de Concentrações (ACC).

O Tribunal decidiu pela aplicação das condições por entender que a fusão dos negócios das empresas gera preocupações concorrenciais no mercado de canais esportivos de TV por assinatura – que incluem ESPN (da Disney) e FOX Sports (da FOX). Atualmente, há apenas um rival de grande audiência capaz de competir com esses canais.

(Reprodução)
Na avaliação do Conselho, a operação deixaria o segmento de canais esportivos de TV por assinatura ainda mais concentrado, com elevada probabilidade de exercício de poder de mercado por parte da Disney. Além disso, haveria potencial de redução da qualidade e diversidade do conteúdo esportivo disponível, assim como aumento de custos que poderiam ser repassados aos consumidores.

A venda do canal FOX Sports tem como objetivo permitir que a estrutura do mercado permaneça com a mesma pressão competitiva anterior à fusão, com a continuidade de três opções de canais de esportes para os consumidores no Brasil: SporTV (da GloboSat), ESPN e mais uma nova empresa com os ativos do FOX Sports.

O pacote de ativos a ser desinvestido inclui todos os direitos de transmissão de eventos esportivos pertencentes ao FOX Sports, todos os contratos com operadoras de TV por assinatura, funcionários-chave, imóveis e equipamentos de transmissão. O prazo para que a Disney realize a venda é confidencial.

Pelo ACC firmado, a Disney se compromete ainda, por prazo determinado, a não contratar as ligas esportivas transmitidas atualmente pelo canal Fox Sports e a não readquirir os ativos a serem vendidos. Também se compromete a oferecer ao futuro comprador a opção de licenciar gratuitamente a marca FOX.

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no INSTAGRAM.



Cade aprova compra da FOX pela Disney, condicionada a venda do FOX Sports Cade aprova compra da FOX pela Disney, condicionada a venda do FOX Sports Reviewed by Ribamar Xavier on quarta-feira, fevereiro 27, 2019 Rating: 5

15 comentários:

  1. No fim das contas,vai todo mundo sair ganhando,e pelo q vi ñ sei não se teremos um Esporte Interativo por ai.........,mas aposto na DAZN ou na Amazon ainda,dizem q a Disney quer a Amazon pq ñ é só acordinho n,é pela parceria ESPN/FOX podendo dar sopa no Streaming ai pra bater a GloboPlay,com até ajudas e somando campeonatos e td+,pra desespero da Claro........

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esporte Interativo não pode existir como canal próprio por causa da lei que controla os grupos de comunicação e pelo fato da AT&T ser americana e não se pode ter um canal controlado por grupo americano e produza conteúdo em português no caso da Turner eles acoplaram programas do EI no TNT e Space criando o chamado canais Superstatiom que une vários conteúdos em um único canal isso pode digamos que a AT&T compre a FOX eles terão que fazer a mesma coisa

      Excluir
    2. Empresas americanas podem ter canais de TV, canais apenas não podem ser pertencidos por empresas de TV por assinatura. O Esporte Interativo é da AT&T/SKY/DirecTV/Turner/Time Warner Cable. Essa lei é uma grande idiotice. Nos EUA e muitos outros países sérios empresas de TV por assinatura tem canais de TV e tudo funciona bem. Só aqui que inventaram que é algo ruim.

      Excluir
  2. Ainda bem que a marca fox vai continuar graças a Deus

    ResponderExcluir
  3. Ouvi dizer na Record como compradora do FS. Se a DAZN comprar, ela vai ter de pensar além de streaming, em TV.

    ResponderExcluir
  4. Agora está na hora dos canais que formam a SIMBA. Record SBT e Rede TV comprarem os ativos do foxsports é criarem o SIMBA sports. Essas três emissoras reclamam tanto do monopólio da globo mas não fazem nada para mudar isso.

    ResponderExcluir
  5. Acho que a turner pode comprar o foxsport , o foxsports não tem o brasil como país sede, diferente do esporte interativo que a sede principal era aqui no brasil,vamos aguarda os acontecimentos sobre isso!!

    ResponderExcluir
  6. Meu palpite que não vai aparecer comprador.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vai mesmo!O Brasil está em crise,e dizem que a Fox dá prejuízo e cá entre nós,o campeonato mais interessante é a libertadores,que empresa vai gastar dezenas de milhões de reais em poucos ativos.

      Excluir
  7. Tenho uma leve impressão que chegará o Turner Sports no Brasil.

    ResponderExcluir
  8. Que derrota foi essa pra Disney. Não pode contratar ninguém da Fox, nem pegar sua sede e os direitos de transmissão. Parabéns pelo desserviço, CADE!

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.