Técnicos da equipe de Esporte da Globo reivindicam participação na política de 'merchandising' criada pela emissora


Há poucos meses a Globo passou a permitir que apresentadores e jornalistas esportivos façam "merchandising" na programação. O processo, embora ainda em fase de adaptação, abriu possibilidade de renda extra e comercial para âncoras de programas esportivos ou equipe que cobre eventos ao vivo.

Só que nem todos estão satisfeitos segundo matéria publicada pelo UOL e assinada por Ricardo Feltrin que diz ter recebido mensagens queixosas de funcionários técnicos da equipe de Esportes da Globo: gente que trabalha atrás das câmeras.

(Reprodução)
Eles reivindicam direito a uma fatia do merchadising das produções que forem ao ar. Na visão deles, se o departamento de Esportes da Globo pode fazer propaganda e "merchan", até mesmo em reportagens, por que eles não podem ter direito a receber uma parcela?

O Esporteemidia.com agora está também no INSTAGRAM. Segue lá!

Procurada, a Globo informa que o "merchandising esportivo" "ainda é um assunto em evolução; ou seja, que a unidade de Esportes do Grupo Globo vem avançando nessa frente com definições ainda em andamento".

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no GOOGLE+.



Técnicos da equipe de Esporte da Globo reivindicam participação na política de 'merchandising' criada pela emissora Técnicos da equipe de Esporte da Globo reivindicam participação na política de 'merchandising' criada pela emissora Reviewed by Ribamar Xavier on sábado, janeiro 12, 2019 Rating: 5

2 comentários:

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.