Grupo de investidores ratifica proposta pelos direitos internacionais do Campeonato Brasileiro


Após a BR Foot não pagar os R$ 100 milhões da primeira parcela acertada com os clubes pelos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro no exterior, uma nova rodada de negociações acontece nos corredores da CBF. As informações são do UOL Esporte, por Napoleão de Almeida e Pedro Ivo Almeida.

(Reprodução)
Citado depois da primeira licitação, mas sem conseguir participar do processo, o fundo de investidores Prudent Group propôs novamente a compra do pacote internacional de dez anos por 200 milhões de dólares (R$ 746 milhões, em valor fixo garantido), mais 50% do valor a ser arrecadado com a comercialização de placas em uma projeção que pode somar R$ 2,6 bilhões (a ser dividido igualmente entre os times), de acordo com a apresentação feita à CBF.

O grupo, com sede em Luxemburgo, na Europa, e que tem como gestores de risco o ABN AMRO Bank, a Price Waterhouse e o Apex Fund, conta com o lobby de Athletico/PR, Corinthians, Cruzeiro e Botafogo. A confederação informou que aguardará até 28 de janeiro para receber outras propostas e analisar a oferta do Prudent Group.

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no INSTAGRAM.



Grupo de investidores ratifica proposta pelos direitos internacionais do Campeonato Brasileiro Grupo de investidores ratifica proposta pelos direitos internacionais do Campeonato Brasileiro Reviewed by Ribamar Xavier on quinta-feira, janeiro 17, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário:

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.