Coluna do Professor #220, por Albio Melchioretto


LIBERDADE VERSUS LIBERTINAGEM DE EXPRESSÃO

Posso tudo no ciberespaço? A pergunta é meramente retórica e a resposta me parece clara: não! Entretanto, alguns usuários da rede revivem as farras do Velho Oeste Americano, retratado pelos Westerns, nas mídias sociais. Se não concordar com o interlocutor o ataque é executado. E não basta atacar o argumento, é preciso desmerecer a persona, inventar um contexto e fazer o necessário para diminuir o interlocutor e suas ideias. Poderá até, haver um exagero da minha parte, mas, as últimas duas colunas tangenciaram este tema. Desejo pensar no texto de hoje o desfecho das críticas de Rica Perrone e as novas de Vanderlei Luxemburgo, a Mauro Cezar Pereira.

Colunista fala sobre o imbróglio envolvendo os jornalista Ricca Perron e Mauro Cézar Pereira (Reprodução/Youtube. Rica Perrone (esq.) e Mauro Cezar (dir.)
Vanderlei soltou um vídeo nas mídias sociais diminuindo um comentarista, sem citar nomes. Não seria mais elegante discutir ideias, apontar qual cometário foi errado e dizer como fazê-lo certo? Afinal, know-hall o (ex?)treinador tem para isto. Ele tomou as dores dos comentários dirigidos a Felipão, porém pareceu mais com cooperativismo raso de classe que necessariamente algo inteligente. Isso muito tem de Fox Sports Rádio, uma falação qualquer sem muito acrescentar. E as mídias sociais são terrenos férteis para este tipo de acusação e falação. Urge qualificar o discurso. Talvez, você leitor e eu, num boteco qualquer, com futebol e rollmops poderíamos nos dar ao luxo de falar besteiras futebolísticas, mas comentaristas e treinadores, com conhecimento de causa, devem, por força do ofício, aprofundar as discussões.

Albio Melchioretto
albio.melchioretto@gmail.com
@amelchioretto
Rica Perrone, optou pelo caminho da superficialidade com fortes doses de xingamento. Mauro Cezar foi a justiça e conseguiu um resultado interessante. Discordar ou concordar com o profissional não é a questão de hoje, mas a forma como nos posicionamos sim. O ciberespaço é um campo de exercício da ética e da cidadania também e não ruas do “velho Oeste”. Calúnia, injúrias e difamação não são da ordem da boa convivência. Diante disto, a jornalista Gabriela Moreira, ESPN, fez uma ótima postagem em seu blog, ouvindo as duas partes e informando diante do factual e enfatizando o pedido de desculpas que Perrone fez por força de justiça. Este é um caminho que precisarmos trilhar, pena que a morosidade da justiça não contribua para tanto.

Venho a este tema porque, há tempos, incomoda-me a forma como torcedores reagem nas mídias sociais criticando veementemente opiniões contrárias. Julgamentos apressados, comportamentos indesejáveis, e por aí vai. É este caminho mesmo que queremos trilhar?

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no GOOGLE+.



Coluna do Professor #220, por Albio Melchioretto Coluna do Professor #220, por Albio Melchioretto Reviewed by Ribamar Xavier on domingo, dezembro 09, 2018 Rating: 5

2 comentários:

  1. Concordo em tudo que o Luxemburgo falou. Esse MCP só fala abóbrinha, como ele mesmo disse, destila ódio. Pra ele só o time de coração dele presta e o resto não vale nada.

    O interessante é que a ESPN tem direitos do Campeonato Inglês e Espanhol, mas ficam o dia inteiro com os BBs da vida discutindo o Campeonato Brasileiro, que na análise deles é uma porcaria, ou seja, gostam de falar porcaria na tv.

    Sabemos que o editor dessa matéria com certeza ficou do lado dele por causa do viés político, ambos defendem a política do pão com mortadela, pregando que tudo que é contrário a eles é ódio.

    Pode espernear a vontade, o choro é livre, o lulanão.

    ResponderExcluir
  2. Vale lembrar que um colega no próprio programa de debate teve opinião contrário a dele e o MCP começou a seção xilique pq o colega de emissora descordava do que ele tinha dito. Esse é o pseudo-jornalista MCP.

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.