Em evento, Turner confirma transmissão de jogos do Campeonato Brasileiro de 2019


Em evento realizado em São Paulo nesta terça (27), a Turner garantiu as transmissões ao vivo de 42 jogos do Campeonato Brasileiro A. Além dos canais lineares (TNT e Space), o conteúdo também está confirmado no EI Plus. As informações são do Tela Viva, por Mariana Toledo.

"A Turner tem uma experiência em esporte muito relevante. Já descobrimos há muitos anos que para ser forte no segmento não é preciso necessariamente ter um canal exclusivo de esportes. O esforço de ter um canal específico não compensa – é uma audiência fiel, porém pequena. Vamos tratar o esporte como entretenimento para poder reunir tudo isso.", afirmou Antonio Barreto, gerente geral da Turner no Brasil.

(Reprodução/Facebook)
"No Brasil, o processo foi super dolorido. Discutimos isso por muito tempo, mais de um ano, vendo os dois modelos de negócio – trazer eventos esportivos para um canal de grande audiência ou ter um canal exclusivo de esporte que te obrigue a buscar eventos para justificá-lo – optamos pela primeira opção. Em um canal de esporte, é difícil que a conta feche. Os direitos que o levariam para cima são muito caros, e não geramos audiências que justifiquem os investimentos publicitários.", continuou. "Se você já tem um canal com boa audiência e o utiliza para transmitir um evento que também já traz uma audiência própria, um ajuda o outro. O esporte ajuda os canais de entretenimento e estes, por sua vez, se apresentam como nova plataforma para o esporte.", pontuou.

A Turner tem contrato de transmissão em TV fechada do Campeonato Brasileiro com Palmeiras, Santos, Internacional, Atlético/PR, Bahia, Ceará e Fortaleza.

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no GOOGLE+.



Em evento, Turner confirma transmissão de jogos do Campeonato Brasileiro de 2019 Em evento, Turner confirma transmissão de jogos do Campeonato Brasileiro de 2019 Reviewed by Ribamar Xavier on quarta-feira, novembro 28, 2018 Rating: 5

11 comentários:

  1. Penso que o direito deveria ser sempre do mandante. E não dividido. É como uma festa. Se é na minha casa eu coloco o tema e a trilha-sonora do jeito que eu gosto. Sertanejo, por exemplo, nem à pau ! Quem não gostar, que vá para outro lugar, bem longe.

    ResponderExcluir
  2. BOM DIA..EU TENHO ALGUMAS DUVIDAS E GOSTARIA QUE O SITE ME RESPONDESSE: EU TENHO ASSINATURA DA OI TV..E NO MEU PACOTE TEM OS CANAIS TNT SPACES GOSTARIA DE SABER SE VOU TER QUE PAGAR PARA ASSISTIR O JOGOS? OU COMO EU JA TENHO O CANAL NO MEU PACOTE NAO PRECISAREI PAGAR? AGUARDO RESPOSTA OBRIGADO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Segundo o pessoal da Turner, pelo menos até agora, não vai precisar pagar a mais; os jogos serão exibidos normalmente no TNT e no Space, como estão fazendo na UCL e na Liga das Nações.

      Excluir
    2. Muito obrigado pela resposta.. por isso que sou leitor e acompanho todas as materias desse site que tem um conceito diferente e embasado dentro do esporte brasileiro..obrigado.

      Excluir
  3. certeza eu tenho sportv tnt e space vo fazer acordo pra tranmissao dos outros 182 jogos, espero que os canais exclusivos de filmes nao atrapalhe, o ideal seria lancar no brasil o TNT Sports assim como tem na argentina, o jgos vai acabar e vao rodar transformers vingadores ao inves de ter um programa de 2 horas na sequencia falandodo jogo e com varias reprises, vai ser um saco isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não tenho essa certeza; para vencer a guerra na opinião pública, não duvido da Turner manter os times que tem e passar só os jogos deles mesmo, só para o pessoal menos informado ficar reclamando do "monopólio da Globo" (como se a Turner não fizesse o mesmo na Champions League). Acho difícil que lancem um canal exclusivo de novo, pelo menos no curto prazo. Sem contar que, tirando Palmeiras e Atlético/PR todos já sinalizaram que querem sair do contrato que foi feito. Eles vão ter de mostrar que podem manter isso até 2024, isso sim.

      Excluir
  4. Acho que teremos um campeonato sem transmissão total. Não duvido que o Atlético/PR, até para ser diferente, não assine com a Globo; como a legislação de direito de arena não vai mudar até o começo do campeonato, o que deveria ser o certo, teremos 26 jogos a menos no PPV provavelmente (Bahia e Palmeiras eu acredito que assinem até ano que vem...); concordo que o melhor seria o mandante ter a prerrogativa de escolher com quem assinar para assim não termos essa possibilidade de não termos jogos transmitidos em PPV e TV aberta, por causa da lei atual.

    Outra coisa: Pra quem reclama da transmissão da Globo e da infantilização dos programas por lá, pro pessoal da Turner é tudo ENTRETENIMENTO, ou seja, não vai mudar muita coisa, ou melhor, pode até piorar.

    ResponderExcluir
  5. Meu sonho, é ter opções de assistir o brasileiro em todos os canais que se dispusessem a transmitir.. teve uma epoca que era assim, gosto dessa forma de escolher.. to falando da tv aberta..

    ResponderExcluir
  6. Eu acho lamentável q o porta voz da Turner Tem a chance de mostrar as expectativas de exibir um grande torneio nacional com jogos exclusivos... .E fica procurando desculpas q justificar o fechamento do EI q colocou metade dos funcionários na rua! Se era p amenizar prejuizos fechassem apenas o EI2 e devolvessem parte dos direitos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente. Por mais que tenha existido a questão da AT&T e a compra de parte da Sky, que fez com que, pela legislação, tivesse de escolher entre a operadora e o canal, o fechamento do Esporte Interativo, da forma que aconteceu, foi um fiasco sim. Ficam tentando dar desculpas, mas mesmo na resposta o gerente geral admitiu que o canal saiu do ar também por baixa audiência. E eu tinha pensando isso outro dia também; poderiam ter fechado só o EI2 e o canal das parabólicas (que já estava sucateado mesmo) e ficado com 1 canal apenas e nomeá-lo de Turner Sports, mas agora é tarde; por isso mesmo seria um contrassenso voltarem a ter um canal esportivo, pelo menos no curto prazo.

      Excluir
    2. Se o problema é o canal ser brasileiro, ainda teria a possibilidade de mudar de nome p TNT SPORTS numa afiliação informal ao canal argentino. Não tinha um advogado para dar essa ideia??
      E a desculpa da Audiência eh mais descabida q parece. Afinal temos o exemplo do BandSports q está firme e forme msm tendo um ápice de ibope apenas durante 2 torneios de tênis

      Excluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.