Para suprir ausência do Esporte Interativo, Turner cria dois novos canais

A Turner confirmou que criou dois canais para absorver parte do conteúdo do Esporte Interativo, que foi descontinuado em agosto e deixou de ter seu sinal transmitido nas operadoras nesta terça-feira (25). A informação é do UOL Esporte, por Gabriel Vaquer. Trata-se da TNT2 e da TNT3.

Os canais têm o mesmo perfil da TNT principal: misturam séries, filmes e conteúdos esportivos. A programação já está disponível no site da emissora, e conta com atrações como as séries "The Closer" e "Law & Order", além do programa "Liga Espetacular" e reprises de jogos da Liga dos Campeões da UEFA.

(Reprodução)
Os canais foram criados pela empresa para dar uma alternativa de transição para as operadoras e já existem para que seja carregados nas maiores operadoras do Brasil.

No entanto, tudo vai depender de como as conversas com as operadoras evoluírem. Procurada, a Turner confirmou que criou os canais para "apoiar as operadoras na transição" do fim dos canais Esporte Interativo, mas que seu carregamento depende das tratativas com as empresas.

"A Turner Brasil se coloca ao lado dos operadores e de seus assinantes e está empenhada a ajudar a encontrar a melhor e mais eficiente solução para ambos, após a saída dos canais Esporte Interativo dos line ups. Para apoiá-las nesta transição, coloca dois novos canais à disposição: o TNT 2 e TNT 3. A decisão de carregamento desses novos canais, entretanto, cabe a cada uma das operadoras", diz o comunicado.

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no GOOGLE+.



Para suprir ausência do Esporte Interativo, Turner cria dois novos canais Para suprir ausência do Esporte Interativo, Turner cria dois novos canais Reviewed by Ribamar Xavier on sexta-feira, setembro 28, 2018 Rating: 5

23 comentários:

  1. Eu não essa coisa. Por que a Turner pode ter um monte de canais, mas não pode ter o canal Esporte Interativo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por ser da Sky, pela lei não pode ter canal nacional.

      Excluir
    2. entao precisava demitir um monte de gente?

      Excluir
  2. Tem a questão da Sky e o CADE, por não permitir um canal aqui no país. A AT&T é proprietária da Sky no Brasil, via DirecTV. A Turner é controlada pelo grupo WarnerMedia (antigo Time Warner). Por sua vez, o WarnerMedia foi adquirido pela AT&T. E este conglomerado de mídia sediado em Dallas, no Texas, é simplesmente o acionista controlador da Sky, operadora de televisão por assinatura aqui no Brasil. Pela lei 12485, de 2011, é proibido que empresas de telecomunicações controlem “fornecedores de conteúdo” (artigo 5) ou “detenham direitos e talentos brasileiros” (artigo 6).

    Mas também é claro que o fato do canal ter audiência irrelevante na maior parte do tempo, fez com que eles se desfizessem da ideia de mantê-lo por aqui e tentassem apenas ter esse canal "superstation"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ñ pode o esporte interativo, mas TNT e Space podem continuar?
      Não entendo isso kkkk

      Excluir
    2. TNT e Space são canais internacionais(oriundos de outro país), já o EI é brasileiro, e conforme a explicação do Alexandre acima, isso impede a sequência dos canais EI.

      Excluir
  3. Tb acho estranho. Mas para termos legais TNT e Space (e Cartoon Network, também propriedade da AT&T) são vistos como canais cujo conteúdo é produzido totalmente nos Estados Unidos. Não é como no Brasil, em que o Esporte Interativo tinha uma equipe para narrar, comentar, reportar… enfim, produzir eventos nacionalmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E se apenas mudassem o BO e para Turner Sports, teria esse mesmo problema com a lei ou seria uma vrecbr?

      Excluir
  4. Achei estranho, mas se terá reprises dos jogos da Champions aprovo, porém os canais serão apenas em hd?

    ResponderExcluir
  5. E como ficará a transmissão do campeonato Brasileiro de 2019 sendo que o esporte interativo comprou parte dos direitos de transmissão !

    ResponderExcluir
  6. Esses canais já constam nos pacotes da NossaTV do RR Soares.

    ResponderExcluir
  7. Lamentável!!! Uma rede que parecia que viria para somar em conteúdo esportivo, simplesmente iludiu os admiradores de esporte. Lamentável!!!

    ResponderExcluir
  8. Era pra ser dp de esportes e não tudo junto faz logo a TNT esportes 1,2 e pronto esse negócon de mistura filme esportes e séries eu não gosto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. Já existe a marca na Argentina. E pra mim, TNT Sports é bem mais legal que Esporte Interativo.

      Excluir
    2. Concordo plenamente com você, fica muito melhor,eu acho errado um canal de filmes e séries colocar evento esportivos, não é tv aberta, como a Globo,a Band,o SBT entre outras,essas simque são canais diversificados,voc v já imaginou a rede telecine transmitido o Brasileirão? Não da,cada um no seu devido lugar, esse é o certo.

      Excluir
  9. Também não entendo! Acabam com os espoere intertivos e agora criam 2 canais. Nahhh

    ResponderExcluir
  10. É uma bagunça sem tamanho essa Turner,falta respeito ao assinante.

    ResponderExcluir
  11. agora que as operadoras ja anunciaram 'substitutos', pessoal vai ficar sem os canais de esportes que tinha antes

    ResponderExcluir
  12. Como tem gente ignorante, insiste em não entender, explicaram o por que ae nos comentários...

    ResponderExcluir
  13. Na vdd qual canal vai passa os jogos de brasileirão

    ResponderExcluir
  14. Esporte interativo = conteúdo nacional, emissora nacional com controle estrangeiro = não pode.
    space, TNT 1,2,3 ... = maior parte de filmes conteúdo não produzido aqui, emissora não nacional = pode

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.