Facebook ganha espaço com a Liga dos Campeões e promete mudar audiência das transmissões

(Reprodução/Facebook/Esporte Interativo)
O monopólio das transmissões dos principais torneios nacionais e internacionais no Brasil pode estar com os dias contados graças a internet. A presença de sites e redes sociais nas disputa por transmissões de jogos está gerando uma nova briga por direitos de determinados campeonatos. Empresas como a Netflix e o Facebook estão começando a rivalizar com as gigantes brasileiras Globo, SporTV, ESPN e Fox Sport.

Neste ano, o Facebook já demonstrou os próximos passos que vai dar quanto a transmissão de futebol. Em um acordo com o Esporte Interativo, a rede social norte-americana anunciou que vai passar os jogos da Liga dos Campeões da Europa. Recentemente, o canal EI encerrou as atividades em TV fechada e ficou apenas com os assinantes do portal e também dos canais em redes sociais. Com isso, a saída de um dos principais torneios europeus da TV para a internet é um marco da mudança que temos nas transmissões.

Já a Netflix ainda namora com uma futura entrada no mundo das transmissões esportivas. Atualmente, a produtora prefere investir pesado em séries e filmes próprios na disputa por mais espaço no mundo do cinema. Porém, no ano passado, o presidente do Campeonato Espanhol, Javier Tebas, afirmou que já apareceu um interesse da parte da Netflix e também da HBO para uma possível compra dos direitos de transmissão. Mas, as duas produtoras não confirmaram e também não negaram qualquer tentativa de investimento.

Interatividade é chamativo para audiência
O público mais jovem está abandonando a TV e indo em direção da internet e do computador. Seja por conta de jogos de videogame ou até maior interatividade em redes sociais, o movimento faz com que as transmissões precisem se adaptar ao novo modo de assistir jogos. Por isso, as principais ligas e torneios ao redor do mundo já estão atentos para os novos veículos que vão conseguir se direcionar para o futuro. A ideia do telespectador sentado no sofá acompanhando o time está ficando no passado.

(Reprodução/Cartola FC)
No Brasil, o Cartola FC, jogo fantasy bastante conhecido no país, é uma amostra de como alguns telespectadores já passam mais tempo simulando os times na internet do que propriamente vendo as partidas. Este tipo de jogo online é comum também na Premier League, o Campeonato Inglês, com o Fantasy Premier League. Outros sites que aproveitam para aliar interação com transmissões ao vivo são os sites de apostas ao redor da Europa. O Betfair Intercâmbio, por exemplo, realiza uma interação diferente com quem acompanha de perto os jogos da temporada europeia. Outro exemplo bastante recente, e que começou este ano em Portugal, é o canal online Eleven Sport. O novo canal que está transmitindo diferentes torneios europeus no país conta com uma plataforma de streaming semelhante a da Netflix, porém focada nos jogos de futebol.

(Reprodução)
O futuro das transmissões ainda é uma incógnita, e é difícil fazer qualquer previsão correta e certeira. Porém, é possível prever que disputas por direitos e trocas de audiência serão assuntos comentados quase sempre. E uma possível entrada de outras produtoras de conteúdo como a Google ou a Amazon, que são empresas constantemente atualizadas em investimentos, é bem possível e viável. Canais tradicionais, como Globo e SporTV, vão precisar continuar se adaptando para se manterem como líderes.

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no GOOGLE+.



Facebook ganha espaço com a Liga dos Campeões e promete mudar audiência das transmissões Facebook ganha espaço com a Liga dos Campeões e promete mudar audiência das transmissões Reviewed by Ribamar Xavier on quinta-feira, setembro 27, 2018 Rating: 5

8 comentários:

  1. Ansioso pra quando vou poder mandar a Globo pra pqp. Vem Facebook, Netflix, Amazon, Youtube!!!

    ResponderExcluir
  2. Sinceramente. A UCL no facebook também é monopólio. Pois as transmissões no face são da equipe do EI , na tv fechadaa mesma coisa. A tv aberta deveria passar a competição.

    E eu prefiro assistir um jogo na tv , muito maior que o note , e não precisa de cabos. Muito mais prático.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você. Dizer que "o monopólio acabou", principalmente nesse caso específico da Champions League é errado. O EI comprou uma parte, o Facebook a outra e os 2 controlam a transmissão; isso não é tão democrático assim; seria se tivéssemos mais canais exibindo e eu já disse que não sou contra o EI passar uma parte dos jogos.

      Esse papo ainda é muito ligado aqui no Brasil ao pensamento de muitos de que qualquer coisa é melhor que a Globo e isso muitas vezes não é bem verdade.

      Excluir
    2. Concordo com os dois comentários. também acho bem mais cômodo assistir jogos pela TV do que pelo computador e ter somente a transmissão via internet vira monopólio sim. Pra mim, a internet tem que ser uma alternativa para ver eventos esportivos e não o único caminho.

      Excluir
  3. Quando dizemos monopólio no futebol,é em relação ao torneios e campeonato nacionais,em que são exibidos somente pela poderosa, excessão feita Copa do Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo e respeito sua observação, mas para mim monopólio é monopólio, seja da Globo, do SBT, EI ou da TV da esquina.

      Excluir
  4. As coisas evoluem e agora tá claro que os canais por "pressão" estão se adaptando as plataformas de internet, com o EI foi uma situação muito radical, cortar os 2 canais da noite para o dia para investir nas plataformas digitais e interativas para muita gente foi um suicídio, para outros foi uma visão de negócios, o problema é que a internet aqui no BR é uma realidade distante para esse tipo de serviço, enfim, como falaram acima, a comodidade em assistir na TV ainda é prioridade para aqueles que não querem se dar o trabalho em ligar PC, pendurar um cabo e ligar a TV, mas nada que uma Smart Tv com apps adaptados e que suporte bem esses tipos de transmissões aqui no Brasil pra facilitar a vida dos que assistem casualmente.

    ResponderExcluir
  5. O facebook garantiu os direitos da Liga dos Campeões e em parceria com o Esporte Interativo faz as transmissões na rede.

    Curiosidade pra saber como vai ser as transmissões da Libertadores em 2019. Será que o conteúdo para os jogos de quinta feira tb vai ficar a cargo da Turner(terceirizada do face)?

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.