Dois jornalistas ficam feridos em confronto entre PM e torcedores no Moisés Lucarelli

A Ponte Preta perdeu para o Brasil de Pelotas na noite desta terça-feira (25) em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro Série B. Após o apito final houve confusão no Estádio Moisés Lucarelli entre torcedores e Polícia Militar, e quatro pessoas ficaram feridas durante o tumulto: dois jornalistas e dois policiais.

Repórter Gabriel Castro recebe atendimento do doutor Roberto Nishimura, médico da Ponte Preta (Foto: Gustavo Biano/ EPTV)
De acordo com o Globoesporte.com, os repórteres Pedro Orioli, da Rádio Central, e Gabriel Castro, da CBN, ambos de Campinas, foram atingidos na cabeça por estilhaços de bomba quando se dirigiam para a sala de imprensa. Com ferimentos leves, eles foram atendidos no próprio estádio e liberados na sequência.

Torcedores acabaram entrando em confronto com seguranças do clube em frente à porta que dá acesso ao vestiário. A PM usou bombas de efeito moral e balas de borracha para dispersar. Do outro lado, os torcedores respondiam com rojões, pedras e garrafas.

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no GOOGLE+.



Dois jornalistas ficam feridos em confronto entre PM e torcedores no Moisés Lucarelli Dois jornalistas ficam feridos em confronto entre PM e torcedores no Moisés Lucarelli Reviewed by Ribamar Xavier on quarta-feira, setembro 26, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário:

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.