Coluna do Professor #206, por Albio Melchioretto

É MUITO BOM: FUTEBOL NA RECORD NEWS SC
A Série B do Campeonato Catarinense chegou ao seu fim, e o ponto positivo nesta trajetória, pelo segundo ano seguido foi a cobertura da Record News SC. O canal acompanhou a competição e mostrou a luta do futebol raiz pelo Brasil. Mesmo crítico dos estaduais, penso que competições deste tipo, que envolvam os times fora da elite, possa ser interessante. A Record News SC ao mostrar a competição, mostrou também, como ele acontece fora do grande eixo. O canal funcionou também como uma vitrine para pequenos e inexpressivos clubes. Vitrine para atrair patrocinadores; movimentar o mercado da bola e como marketing para atrair jovens torcedores aqueles que muitas vezes são ilustres desconhecidos do grande público. Pontaço dentro para o canal de jornalismo. Agora me pergunto, porque o canal nacional não aproveita as transmissões esportivas do canal regional? 

Colunista elogia cobertura da competição realizada pela Record News SC (Reprodução/YouTube)
ATENÇÃO! FOX E REVOLTADOS
Durante a transmissão da FOX Premium pelo espanhol, no Atlhetic Bilbao frente o Leganes testei pela primeira vez um medidor de hastags (#). Por fim do jogo, busquei pela #LaLigaFOXPREMIUM e o serviço indicado apontou apenas 340 registros. A ideia de mostrar a competição no canal premium do grupo FOX tem chovido críticas e pelo visto, pouco vista e menos ainda comentada. Entendo os assinantes e sua revolta, porém, esta é uma prática comum dos canais em toda a América Latina. O Brasil era a exceção de programação esportiva sem esta modalidade. Se pensar alguns números, na América Latina como um todo, 42% dos lares possuem televisão por assinatura, pensar apenas o Brasil, o número cai para 26%. Se no continente, a prática deu certo, porque aqui no Brasil, maior economia no continente, seria diferente? A FOX realizou uma aposta, até quando ela persistirá?

Albio Melchioretto
albio.melchioretto@gmail.com
@amelchioretto
FICOU FEIO DEMAIS?: STREAMING AINDA É REALIDADE DISTANTE
O campeonato italiano, por enquanto apenas na Rai Itália e no Streaming. Os canais EI só digital, o Francês, nem isso – salvo um jogo por rodada na TV5 Monde Brasil. Mas o foco aqui está na rede. Se fôssemos instalar todos os App de competições, faltaria memória para tanta coisa. Minha crítica vem a partir da experiência de tentar visualizar um jogo e percebi que está pior que coito interrompido. Tentei acompanhar através do Watch ESPN um jogo da Liga Europa, Zalguiris versus Sevilha. Mas não é uma questão de aplicativo, é uma realidade geral. O Streaming depende da internet do usuário, do transmissor, do aplicativo, do... enfim, e muitas coisas, não é a lógica de sentar e ver o jogo acontecer, tem mais coisas e parafernálias envolvidas. Se este é o futuro das transmissões esportivas, via streaming, eu não quero participar dele.

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no GOOGLE+.



Coluna do Professor #206, por Albio Melchioretto Coluna do Professor #206, por Albio Melchioretto Reviewed by Ribamar Xavier on domingo, agosto 26, 2018 Rating: 5

Um comentário:

  1. É MUITO BOM: FUTEBOL NA RECORD NEWS SC
    Albio, vc sabe pq a Record News não transmitiu as semis e as finais da Série B Catarinense pelo facebook?
    Mostraram a competição inteira lá, mas na reta final não.

    ATENÇÃO! FOX E REVOLTADOS
    Fox agora nos finais de semana só tem Alemão e Argentino na grade, e ainda conseguem jogar pro Fox Sports2.

    FICOU FEIO DEMAIS?: STREAMING AINDA É REALIDADE DISTANTE
    Se transmitir por algum site beleza, mas essa de app não rola. Daqui a pouco vai ter que baixar uns 50 aplicativos, um pra cada campeonato. Realmente, haja memória no aparelho.

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.