Ceará acusa repórter de propagar 'falsa informação' e o proíbe de ingressar no clube

(Reprodução/Google Images)
Da redação do Esporteemidia.com

Uma tentativa de censura ao trabalho profissional de um repórter esportivo está em andamento em Fortaleza. É que o presidente do Conselho Deliberativo do Ceará, Humberto Aragão Filho, enviou ofício à cúpula do Sistema Verdes Mares de Comunicação (SVM) ressaltando as “décadas de parceria na cobertura diária” do clube para acusar o repórter Déo Luis, da Rádio Verdes Mares, de propagar “falsa informação” ao noticiar que ex-presidentes alvinegros, e um grupo de conselheiros do clube, estavam se reunindo para destituir o presidente atual do cube, Robinson de Castro.

O ofício foi alvo de uma nota de repúdio da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Ceará (APCDEC), cobrando um posicionamento do Sistema Verdes Mares em defesa do repórter.

Leia na íntegra o ofício enviado ao Sistema Verdes Mares:

Ofício-nº: 0020/2018

Fortaleza, 07 de junho de 2018.

Ilmº. Sr. Presidente

Sistema Verdes Mares de Comunicação (SVM)
Fortaleza-CE

Prezado Presidente,

CEARÁ SPORTING CLUB, entidade desportiva constituída sob as leis da República Federativa do Brasil, inscrita no CNPJ(MF) sob n.o 07.369.226.0001/03, com sede à Av. João Pessoa 3532, Porangabuçu, nesta Capital do Estado do Ceará, neste ato representado pelo presidente de seu Conselho Deliberativo, o Sr. Humberto Aragão Filho, vem informar e decidir o que segue.

O Ceará Sporting Club e as empresas do Sistema Verdes Mares possuem décadas de parceria na cobertura diária deste que é o clube mais tradicional e vitorioso do Estado do Ceará. Sempre pautado na retidão de conduta e na reprodução dos fatos conforme a realidade, levando ao torcedor do Ceará sempre informações precisas, no cumprimento do papel jornalístico assumido pelo grupo.

Infelizmente, o Ceará Sporting Club, por meio da Presidência do Conselho Deliberativo do clube, órgão máximo desta associação desportiva, teve conhecimento de que o repórter Déo Luís, em transmissão da Rádio AM 810 Verdes Mares, propagou a falsa informação de que ex Presidentes deste clube e um grupo de conselheiros estavam a se reunir no intuito de destituir o atual Presidente da Diretoria Executiva do Clube, o Sr. Robinson Passos de Castro e Silva, da função estatutária para a qual foi eleito.

Tal informação, além de trazer um conteúdo seríssimo, devendo ser averiguada de forma séria pelo citado profissional, é completamente inverídica, por absoluta inexistência de movimentos dentro do Conselho Deliberativo do Ceará S.C. nesse sentido. A informação repassada de forma irresponsável pelo citado profissional, macula a imagem não só desse Conselho Deliberativo como Poder constituído do clube, assim como todos seus conselheiros e a própria instituição Ceará Sporting Club.

Nesse sentido, como representante maior dentro do Conselho Deliberativo e pelos poderes outorgados pelo Estatuto do Ceará Sporting Club, informa-se que o citado radialista do Sistema Verdes Mares (Déo Luís) está proibido de ingressar nas dependências desta associação privada, podendo, contudo, o SVM indicar outros profissionais para acompanharem o dia a dia deste clube, em respeito à parceria que sempre existiu entre as duas instituições.

Sem mais para o momento, renovamos protestos de estima e consideração.

É o que havia a ser informado.

Atenciosamente,

Leia na íntegra a nota de repúdio da APCDEC

NOTA DE REPÚDIO

A Diretoria da APCDEC vem a público manifestar seu repúdio ao oficio do Ceará Sporting Club, enviado ao Sistema Verdes Mares de Comunicação, PROIBINDO o acesso do competente repórter da Rádio Verdes Mares, Déo Luís, às dependências do clube.

Por coincidência, no Dia Nacional da Liberdade de Imprensa, uma medida dessa nos deixa perplexos, pela forma da sua execução e pelos termos empregados no ofício, com referência ao competente profissional. Se houve erro, equívoco ou engano, a melhor condução jamais poderia ser essa. O diálogo e a retratação existem para recompor e reformar pensamentos.

Esperamos que o Sistema Verdes Mares não se cale diante dessa atitude antidemocrática e manifeste-se a favor do seu funcionário e na defesa de assegurá-lo o direito de exercer sua profissão.

Esperamos pois, que o presidente do Ceará Sporting Club, respeitoso amigo e parceiro, Robinson de Castro, possa contornar este fato lamentável e juntos, Imprensa e dirigentes, ajudar ao Alvinegro de Porangabussu a manter-se na elite do futebol brasileiro.

A DIRETORIA (07.06.2018)

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no GOOGLE+.



Ceará acusa repórter de propagar 'falsa informação' e o proíbe de ingressar no clube Ceará acusa repórter de propagar 'falsa informação' e o proíbe de ingressar no clube Reviewed by Ribamar Xavier on junho 08, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário:

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.