Justiça condena São Paulo a pagar R$ 20 mi por caso Ricardinho

(Reprodução/SporTV)
O São Paulo foi condenado a pagar uma dívida de aproximadamente R$ 20 milhões para investidores que participaram da contratação de Ricardinho, em 2002. Hoje, o ex-atleta é comentarista do SporTV. As informações são do UOL Esporte, José Eduardo Martins.

Por três votos a dois, os ministros da Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) deram parecer contrário ao clube nesta terça-feira (22). O Tricolor, no entanto, vai recorrer do caso no Superior Tribunal Federal, sendo que ainda cabem embargos no STJ. O caso já havia sido julgado em outras instâncias - com vitória dos investidores na primeira e do São Paulo na segunda.

Na época da contratação do jogador, o clube recebeu R$ 2.125.000,00 das empresas RES Empreendimentos e Participações Ltda. e da Time Traveller Turismo e Empreedimentos Ltda. para fechar a transferência de Ricardinho. Em contrapartida, as firmas ficariam com 35% dos direitos do atleta. Em 2004, porém, o ex-jogador e o clube abriram mão de seus direitos para assinar a rescisão.

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no GOOGLE+.



Justiça condena São Paulo a pagar R$ 20 mi por caso Ricardinho Justiça condena São Paulo a pagar R$ 20 mi por caso Ricardinho Reviewed by Ribamar Xavier on quarta-feira, maio 23, 2018 Rating: 5

Um comentário:

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.