COLUNA #153 | Juninho demonstrou inteligência e sabedoria na TV, por Alipio Jr.

Colunista discorre sobre Juninho Pernambucano e sua saída do Grupo Globo (Reprodução/SporTV)
Olá a todos!

Pensei muito se deveria ou não escrever sobre toda a confusão em torno dos comentários feitos pelo Juninho Pernambucano nas últimas semanas. Imbuído de coragem, cá estou para dar uma apimentada e problematizar mais ainda tudo o que tem acontecido nos últimos dias. E como diria o bom e velho Jack, por partes.

O talento de Juninho sempre foi inegável, não é à toa que a torcida vascaína tem uma música em que o cita nominalmente. Internacionalmente sua carreira foi boa. Basta verificar o tanto de títulos que o Lyon teve antes de sua chegada, durante seu tempo de clube e, principalmente agora, após a sua saída. Então como jogador, adquiriu muita experiência não só em terras tupiniquins como também no além-mar. Claro, não credencia ninguém a virar comentarista. Sabemos que isto não basta. Ao fazer a passagem para o lado mais fácil (sim, acho que analisar/ comentar é mais fácil que jogar), demonstrou inteligência e sabedoria.

Onde errou? Juninho comprou briga com uma das maiores torcidas do país, sucessivamente. Uma torcida acostumada a ser adulada por boa parte dos comentaristas e narradores, que é extremamente melindrosa quando ou ela ou seus ídolos são criticados. Ao fazer, foi xingado por causa da sua origem nordestina, foi ameaçado de morte e chegaram ao cúmulo de ameaçar seus familiares. Isso tudo está lá nas redes sociais dele, dá pra conferir e verificar o tanto de exagero. O problema é que polêmicas são boas até certo ponto, passou desse ponto, começa a influenciar no público consumidor. A grita foi tanta que o mesmo pediu para não comentar mais jogos do referido time.

Alipio Jr.
@alipioj
A coisa esfriou e tudo estava normal até novamente Juninho, com suas opiniões contundentes não só criticar a violência praticada contra os jogadores nos seus locais de treino e nos aeroportos, dizendo que o clube é conivente em algumas situações e foi além, ao dizer que alguns jogadores (e foi específico ao falar de um deles) perdem boas oportunidades para combater tais ações. O golpe de misericórdia, acredito eu, sem nenhuma confirmação, foi quando Juninho Pernambucano malhou os setoristas e ainda deu nome aos bois, falando do UOL.

Além de ter visto ao vivo, fiz questão de rever o vídeo para tentar não esquecer de nada. Juninho pode até ter errado no tom, mas o que disse está longe de ser mentira. Qualquer torcedor identifica facilmente o que não gostou na notícia divulgada pelo setorista. Principalmente quando o indivíduo está há anos no rival. É implicância? Pode até ser, mas não inviabiliza a sua declaração. Ou vocês acham normal que o Jornal Extra continue - diariamente - citando o goleiro Alex Muralha, mesmo com o goleiro jogando no Japão? Há outros brasileiros por lá e ninguém os cita, em momento algum.

Particularmente não vejo metade do problema que causaram. É normal que o SPORTV discorde dele, é normal que você discorde dele e é normal que qualquer um discorde dele. O debate é salutar. Ou pelo menos deveria ser. A geração atual tem uma dificuldade imensa de aceitar ser contrariada. Qualquer opinião é rebatida com jargões ou tentativas de menospreza-la, pois é mais fácil tentar “lacrar” que argumentar ou indicar por que esta opinião não deveria ser aceita, ou apontar onde se excede.

Hoje foi anunciado que o ex-jogador pediu a rescisão do seu contrato com a Rede Globo, que não se opôs. Durante a Copa do Mundo Roger Flores estará na equipe da TV aberta, no seu lugar. A substituição empobrece o debate e a análise, quem perde e a emissora. Agora, poderá fazer alguém feliz. Quem? A emissora que for rápida e contratá-lo.  Adoraria vê-lo comentando a Premier League, por exemplo, mas não acharia nada mal tê-lo ao lado do PVC nos debates.

Que tal?

Abraços e até a próxima.


Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no GOOGLE+.



COLUNA #153 | Juninho demonstrou inteligência e sabedoria na TV, por Alipio Jr. COLUNA #153 | Juninho demonstrou inteligência e sabedoria na TV, por Alipio Jr. Reviewed by Ribamar Xavier on maio 08, 2018 Rating: 5

3 comentários:

  1. Se o Juninho aparecer na ESPN, eu não vou ficar surpreso.

    O Juninho pôde até ter levantado uns temas bons pra discussão, mas a generalização que ele fazia foi o maior problema.

    ResponderExcluir
  2. Comprou briga com o queridinho do Grupo Globo e tocou o foda-se para jornalistas invejosos com o salário e condição de vida de jogador. Sincericídio nunca foi e nunca será visto com bons olhos numa imprensa que se acha soberana e acima da verdade (ou que cria as suas próprias verdades). Que Juninho tenha sucesso em outro canal.

    ResponderExcluir
  3. Concordo na íntegra pelo que foi dito pelo Alípio Jr. Fox está contratando para a Copa alguns ex-jogadores para atuarem como comentarista. Pela experiência que o Juninho já tem não me surpreenderia se o FS contrate ele e não só para a Copa mas sim em definitivo.

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Loading...
Tecnologia do Blogger.