Repórter do SporTV diz ter recebido ameaças de torcedores do Atlético/MG

(Reprodução/SporTV)
O repórter do SporTV/Premiere, Thiago Crespo, que estava trabalhando no confronto entre Atlético/MG x Corinthians, válido pelo Campeonato Brasileiro Série A, na tarde deste domingo (29), afirmou ter sofrido ameaças e até agressões de torcedores do clube mineiro, presentes ao Independência após o gol de Roger Guedes ter sido anulado pela arbitragem.

De acordo com o UOL Esporte, por Victor Martins, o motivo foi uma imagem que circulou nas redes sociais e mostrou o jornalista interagindo com a arbitragem durante a partida, o que levantou a suspeita de interferência. No lance polêmico em questão, o juiz Fernando Freitas da Silva assinalou o gol, mas em seguida consultou o árbitro adicional e anulou a jogada, em quase dois minutos de muita reclamação no Horto.

Em depoimento ao programa 'Troca de Passes', do SporTV, Crespo disse que a própria imagem da transmissão que circula nas redes sociais desmente o boato, uma vez que o cronômetro aponta 42 minutos, aproximadamente dois minutos depois de a arbitragem ter invalidado o gol. Ele ainda esclarece que o gesto que fez naquele momento era questionando a arbitragem se alguém havia levado o cartão amarelo durante a confusão, uma vez que o delegado da partida ainda não tinha esta informação.

“Meu gesto no vídeo acabou viralizando. Fiquei sabendo depois, no intervalo, depois de entrevistar o Henrique (zagueiro do Corinthians). A gente está acostumado a hostilidades da torcida num momento de calor, em lances polêmicos, mas eles estavam bem mais calorosos, digamos assim”, afirmou Crespo, acrescentando que “pouco conseguiu trabalhar” no resto da partida. “Praticamente todo mundo que estava atrás de mim estava me ameaçando, me ofendendo. Atiraram chiclete, canudo, chegaram a reforçar a segurança”.

O repórter citou o lado “passional” de torcedores para dizer que “o mais lamentável” foi o fato de dois funcionários do Atlético/MG o terem abordado. “Falaram palavras que não dá nem para repetir e disseram o seguinte: você interferiu na partida. E isso me preocupou. Sei que não reflete a posição oficial do clube, a assessoria de imprensa até me procurou e pediu desculpas. É um mal-entendido que gera um desconforto muito grande”.

Ainda de acordo com o UOl Esporte, um dos funcionários que ofenderam Crespo foi Lucas Couto, diretor de planejamento e marketing atleticano. Por meio da assessoria de imprensa, o Atlético/MG pediu desculpas ao repórter e disse que repudia a atitude dos funcionários, “que não reflete a opinião do clube”.

Thiago Crespo ainda disse que recebeu apoio de muitos colegas de televisões e rádios, mas escancarou a mágoa ao declarar, sem citar nomes, que “isso partiu de jornalistas colegas nossos, alguns bem conhecidos”. “Trazer isso para a internet antes de apurar é no mínimo grave. É má-fé”, concluiu.

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no GOOGLE+.



Repórter do SporTV diz ter recebido ameaças de torcedores do Atlético/MG Repórter do SporTV diz ter recebido ameaças de torcedores do Atlético/MG Reviewed by Ribamar Xavier on abril 30, 2018 Rating: 5

2 comentários:

  1. Nós sabemos que o "VAR", mesmo recusado em reunião na CBF por 13x7, é usado ocasionalmente (e convenientemente) aqui no Brasil. Sempre os mesmos clubes são beneficiados, FATO! Só que, tem nego que se usa do artifício de uns clickbait da vida pra tentar ludibriar os torcedores que, por natureza, são BURROS e MARIA-VAI-COM-AS-OUTRAS. Coitado do repórter!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Está uma zona total isso. Interessante que isso acontece sempre a favor de 2 clubes queridos de uma certa emissora.Não tem nenhuma mutreta nessa história.

      Excluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Loading...
Tecnologia do Blogger.