São Paulo ainda discute valores de luvas e pay-per-view com a Globo

(Rubens Chiri/sãopaulofc.net)
O São Paulo acertou a maior parte das condições do contrato com a Globo de TV Aberta e payper-view para o Campeonato Brasileiro 2019/2014, mas ainda faltam alguns itens. De acordo com o UOL Esporte, por Rodrigo Mattos, há uma discussão sobre PPV e luvas, entre outros artigos menores. O Conselho de Administração já referendou os pontos principais e deu autorização para a negociação. Falta fechar esse itens e a aprovação no Conselho Deliberativo.

Em 2016, o São Paulo tinha aceitado a proposta de TV fechada da Globo. Por isso, levou luvas de R$ 60 milhões. Ficaram em aberto os contratos de TV Aberta e PPV que foram reprovados no Conselho Deliberativo no final de 2016.

Desta vez, dirigentes são-paulinos entendem que há mais chance de o negócio ser fechado. No geral, as condições do contrato são iguais aos de outros clubes que já assinaram com a Globo com exceção daqueles que têm acordos com o Esporte Interativo. O São Paulo passa a entrar na distribuição de 40% de divisão igual, 30% por exibição em aberta, e 30% por premiação.

A diretoria do clube ficou satisfeita porque qualquer partida em TV Aberta mesmo que seja só para o interior do Estado contará para calcular a cota. E dirigentes são-paulinos avaliam que o São Paulo só perde para o Corinthians no Estado de SP em aparições na Globo.

Em relação ao pay-per-view, a distribuição é de acordo com os assinantes que se declarem torcedores do clube. Mas o Flamengo e o Corinthians conseguiram uma garantia extra de um percentual mínimo que ganham mesmo se não atingirem esse patamar. A diretoria do São Paulo tem consciência do mecanismo e gostaria de contar com ele, mas sabe ser mais difícil conseguir porque demorou a fechar com a emissora.

As luvas oferecidas pela Globo em 2016 eram de R$ 20 milhões, proposta que depois saiu da mesa. Há uma discussão entre as partes. Mas a tendência é o clube ficar pelo menos com esse patamar, e talvez poder ter flexibilidade para receber uma parte do dinheiro antes. Neste caso, teria luvas totais parecidas com a do Grêmio, que levou R$ 80 milhões. Ficaria abaixo de Flamengo e Corinthians.

Ao contrário de 2016, a diretoria do São Paulo não está com pressa porque seu caixa está mais aliviada e não precisa das luvas de imediato. Mas, da parte da cúpula do clube, essa negociação não deve dar para trás, restando ser aprovada no Conselho.

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no GOOGLE+.



São Paulo ainda discute valores de luvas e pay-per-view com a Globo São Paulo ainda discute valores de luvas e pay-per-view com a Globo Reviewed by Ribamar Xavier on quarta-feira, março 07, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário:

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.