COLUNA #151 | O fracassado Campeonato Carioca e a imprensa esportiva, por Alipio Jr.

Média de público dos estaduais evidenciam o fracasso do Campeonato Carioca (Reprodução)
Olá a todos!

Sou um defensor ferrenho dos campeonatos estaduais. Não sou daqueles que imagina ser charmoso, valorizar o futebol raiz e nenhuma dessas bobagens atuais.

Acho que o futebol vai muito além das divisões comandadas pela CBF e são tais competições que nos permitem manter o celeiro de revelações sempre abastecido, ainda que não seja todo dia que o São Cristóvão revele um Ronaldo.

Em algumas regiões o Estadual é um absoluto sucesso de público. Isso demonstra que se bem azeitado, com regras claras, jogos em horários interessantes e preço de ingresso acessível, o publico compra a ideia. Ele vai ao estádio. Ele se diverte. E ainda ganha assunto para toda a semana.

Tudo isso é justamente o inverso do que acontece com o Campeonato Carioca, fracasso gigantesco de público, de renda e de toda e qualquer outra situação relacionada a valor que possa existir. Há anos a FERJ (Federação do Estado do Rio de Janeiro) promove um campeonato em que só ela tem lucro absoluto ainda que os clubes vivam na penumbra. Os times de menor investimento continuam sofrendo e sobram dias nos seus calendários de competição.

O que tem isso a ver com a imprensa esportiva? Tudo.

A patrocinadora manda no jogo. Clubes e Federação são seus fantoches e aceitam qualquer coisa por um cheque gordo que ajude a diminuir o rombo dos seus cofres. Estes parecem incapazes de enxergar o rendimento do espetáculo. Entretanto quem compra e paga caro para exibir, deveria se importar.

Alipio Jr.
@alipioj
Não dá para semanalmente ter seu produto sendo achincalhado em todos os programas esportivos e achar que não possui nenhuma responsabilidade nisso. Num passado não muito distante, a mesma patrocinadora ajudou na venda de ingressos através de um jornal da sua organização. O resultado? Estádios lotados e público ansioso por cada jogo.

Se nos anúncios de jogos, gols e que tais, seus patrocinadores passaram a ser exibidos é por que urge mostra-los mais vezes. Não há maneira de deixa-los mais felizes que exposição maciça da marca. Quer seja através da audiência televisiva ou da publicidade nos estádios e demais.

Quanto ao resto da imprensa, falta alguém que debata soluções. Que reinvente a roda e repita seu uso até contaminar quem manda, sem capturado pelo assunto na audiência. Empurrar bêbado na ladeira é fácil e nesse momento parece mais prazeroso. Não deveria.

Ps.: Rompemos a barreira das 150 colunas. Demorou, mas chegou. Quero agradecer ao Ribamar e a todos vocês que sempre voltam aqui e deixam seus comentários ou nas colunas ou nas minhas redes sociais. É um prazer debater sobre qualquer assunto.

Abraços e até a próxima.

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no GOOGLE+.



COLUNA #151 | O fracassado Campeonato Carioca e a imprensa esportiva, por Alipio Jr. COLUNA #151 | O fracassado Campeonato Carioca e a imprensa esportiva, por Alipio Jr. Reviewed by Ribamar Xavier on quarta-feira, março 21, 2018 Rating: 5

10 comentários:

  1. Campeonatos estaduais são um lixo, todos deveriam acabar, como um time pode se satisfazer com um jogo contra um grande do estado? e no resto do ano não jogar nada, dispensar os jogadores, comissão técnica, isso é praticamente fechar as portas, os pequenos tem que ser mais ambiciosos, eles tem que almejar um lugar ao sol, pra isso eles deveriam tentar transformar o estadual em uma divisão do brasileiro, seria a última divisão, mas daria vaga na série D, e ai sonhar com uma vaga na série A um dia. Mas, com esse pensamento pequeno de se satisfazer com um jogo ou dois contra os grandes do estado, isso é a receita para permanecer no limbo do futebol brasileiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou bobagens Luiz Carlos. Os estaduais são bons sim, mas tem que mudar o formato e duração, tem que ser um produto agradavel para a tv e os espectadores/torcedores.

      Excluir
    2. Não entendo esse "ódio mortal" do Luiz Carlos pelos estaduais. Concordo com vc Ale Neves, são bons, mas tem q mudar regulamento desses campeonatos. O Paulista por ser maior e ter times do interior mais estruturados devia ter no máximo 12 clubes. Os demais "grandes" (RJ-RS-MG-PR-BA-PE-CE-GO) com 10 times e os demais estaduais com 8 clubes. Mas os bandidões que comandam não deixariam isso acontecer, ai acontece essas aberrações como no Rio, que tem pré-seletiva, seletiva, dois turnos que não valem nada e uma semi final para preencher grade da tv, mesmo que os 2 turnos sejam vencidos por um mesmo time.

      Excluir
    3. Essa sua ideia, a mesma do finado Bom Senso de ter uma Série E valendo como estaduais é uma boa ideia, mas quem vai patrocinar isso? Os clubes do interior recebem uma esmolinha da tv, o que dá renda é bilheteria(vide caso do Bragantino) e patrocínio na camisa. Querendo ou não, o patrocinador do uniforme investe nos estaduais, por terem os grandes envolvidos, mesmo que sejam expostos uma única vez na tv num jogo. Agora um campeonato inteiro com times pequenos durante o ano inteiro, quem vai divulgar as marcas, quem vai patrocinar tal coisa? Se os mandatários tiveram uma solução pra isso, ai sim vingaria, mas como sabemos, isso é só utopia.

      Excluir
    4. Estaduais são um estorvo. Produto de qualidade pra TV e para os torcedores seria um campeonato com um nível técnico decente, coisa que os estaduais não oferecem.

      Sobre quem patrocinaria uma hipotética "Série E" isso eu não sei, eu não trabalho com marketing, eu só apresentei uma ideia que eu tenho sobre como melhorar a estrutura do futebol brasileiro.


      Excluir
    5. Ideia sem fundamento, sem estrutura não é ideia. Ou seja, você quer acabar com os campeonatos e times regionais e dane-se todos. Não é assim, até pq, vários jogadores hoje nos times principais surgiram disputando estadual por um pequeno. Reorganizar o errado sim, acabar por causa de ódio gratuíto não.

      Excluir
    6. Que ódio gratuito o que cara, não fala bobagem, hoje em dia se discute muito a existência dos estaduais, se eles fossem tão bons quanto vc acha que são, essa discussão nem existiria.

      Eu não defendo o fim dos times do interior, eu não sei como vc conseguiu interpretar isso, eu fui bem claro quando eu escrevi que gostaria que os times pequenos tivessem calendário o ano inteiro, jogando uma "série E" do campeonato brasileiro e não dependessem apenas de um ou dois jogos contra os grandes do estado.

      Excluir
    7. Ódio sim. O negócio é reformular, vc prega acabar.
      Se discute a existência deles pela fórmula errada que tem e não para acabá-los.
      Você diz que gostaria que fosse criada uma Série E, mas como iam sustentar financeiramente isso? Se fosse assim, eu queria UCL o ano inteira e Copa do Mundo todo ano, mas pondo a lógica acima de tudo, impossível isso né.

      Excluir
  2. O problema são as fórmulas dos estaduais... Muito longo e arrastado.Talvez uma fórmula mais rápida e com ingressos acessíveis tivessem mais retorno.
    Entendo também que deveriam ser criadas series inferiores do Campeonato Brasileiro para que esses times de menos investimentos pudessem jogar e buscar algo maior em sua história.Infelizmente isso é só um sonho, pois a Cbf é preguiçosa e não existe uma liga, que na minha opinião, seria o start inicial para reorganizar o futebol brasileiro.
    Abraços!

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Tecnologia do Blogger.