COLUNA #177 | Gazeta converte cesta de três, por Albio Melchioretto

Colunista comenta a iniciativa da Gazeta de mostra a LBF (Reprodução)
O basquete feminino já trouxe alegrias ao esporte brasileiro como a conquista no Pan de Havana-92, aplaudidas por Fidel Castro ou o mundial de 1994. Noutro lado da moeda, os últimos anos do basquete trouxe mais decepções que alegrias. As decepções fizeram o basquete se reinventar. Ainda não de modo como poder-se-ia esperar. Mas já há passos. A reformulação das ligas nacionais trouxe um novo olhar para a competição. A Liga feminina, LBF, este ano contará com nove clubes, jogam em turno e returno entre si, o incrivelmente, oito classificam-se para a fase quartas-de-final e assim até um levantar a taça, em melhor de três jogos.

A novidade da LBF, que este ano terá transmissão em televisão aberta após um hiato de vinte anos. Dois terços da população brasileira acessam apenas via televisão aberta. O canal exibidor será a TV Gazeta. O canal já contou com esporte quando da parceria da CNT e dos canais Esporte Interativo.

Atualmente o canal mostra apenas a Corrida de São Silvestre. Neste semestre, todos os domingos, às 15 horas, mostrará um jogo ao vivo, além de transmissão do mesmo, através do site Gazeta Esportiva. Ganha o basquete com exibição, mesmo a TV Gazeta presente apenas em 10 estados brasileiros no sistema aberto, mas conta com sinal “digital” via parabólicas e poucas operadoras. A ideia de um horário fixo é interessante pela intenção de fidelidade que cria no espectador.

Albio Melchioretto
albio.melchioretto@gmail.com
@amelchioretto
Recentemente a Liga recebeu o selo ISO 9001:2015 por enquadrar-se em normas internacionais de gestão de qualidade. Ainda vejo um problema para a liga e para a televisão. A falta de continuidade de alguns projetos e peso de camisas. Se não há perseverança de nomes, a fidelidade a marca não se cria. O atual campeão, Corinthians-Americana, não está presente nesta edição. Não há time defendendo o título, um ponto negativo. Não há exploração de marcas, se os projetos de time são efêmeros.

Outro ponto é a exposição de mídia. No último domingo, 28 de janeiro, no jogo da cidade de Blumenau, o jornal que representa a cidade não enviou equipe de reportagem a arena de jogo e recuperou falas extraídas do canal exibidor. A competição precisa da mídia local. Aqui poderíamos pensar a ação de imprensa da liga para criar estratégias de aproximação entre a marca e os veículos locais. Uma coisa depende da outra para sobreviver.

O canal SporTV deverá mostrar a competição nas fases finais, uma pena quando poderíamos estar presenteados com dois jogos por semana.

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no GOOGLE+.



COLUNA #177 | Gazeta converte cesta de três, por Albio Melchioretto COLUNA #177 | Gazeta converte cesta de três, por Albio Melchioretto Reviewed by Ribamar Xavier on fevereiro 04, 2018 Rating: 5

4 comentários:

  1. LBF poderia se juntar com os criadores do NBB e criar a NBBF (Novo Basquete Brasil Feminino) assim, quem sabe, estimular que times das mesmas cidades onde há equipes do NBB sejam criados e continuados para jogar a liga feminina (NBBF).

    ResponderExcluir
  2. A ideia de transmitir basquete feminino é boa, mas é estranho a Gazeta transmitir os jogos no domingo à tarde, dia de futebol e um dia em que a programação do canal está sucateada até perto da 6 da tarde, ou seja, não tem uma alavanca para a transmissão das partidas. Seria mais lógico transmitir uma partida em um dia a noite onde existem outros programas, como o próprio Gazeta Esportiva, para divulgar mais a exibição dos jogos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Horário bom pra quem quer "fugir" do futebol.

      Excluir
  3. Acompanhei alguns jogos(ou parte deles) pelo LBF Life, tem tudo para dar certo esse projeto. Uma pena que aqui no norte do PR, tanto a CNT Tv Tropical(filiada da Gazeta) como a Gazeta(parabólica) não fazem a transmissão. Vou tentar acompanhar pelo site da própria Gazeta os jogos também.

    ResponderExcluir

O que achou dessa informação? Compartilhe conosco!

Os comentários ofensivos serão apagados.

O teor dos comentários é de total responsabilidade dos leitores.

Loading...
Tecnologia do Blogger.