Por meio de comunicado, a direção da rádio Difusora Goiânia informou não ter chegado a acordo com o cronista esportivo Adolfo Campos, e que, por esta razão, a sua equipe esportiva não voltará a atuar na programação da emissora, informa o Blog do Auvaro Maia.

Segundo o diretor, padre Paulo César de Oliveira, a intenção é de não terceirizar mais o horário, “se for ter esporte na rádio será com equipe própria”. Adolfo Campos, por outro lado, já estaria negociando para levar o Show de Bola para outra emissora, que seria uma rádio FM.

Leia o comunicado da direção da rádio:

A Rádio Difusora de Goiânia esclarece a todos os seus ouvintes que infelizmente não terá mais transmissões esportivas do futebol da equipe do cronista Adolfo Campos. A razão do encerramento abrupto da programação no meio de um campeonato foi motivada por exigências legais de órgãos fiscalizadores. Esclarece ainda que a Rádio Difusora é mantida pela Fundação Padre Pelágio que é fiscalizada rigorosamente pelo Ministério Publico estadual. Com as dificuldades diversas enfrentadas pelo Show de Bola, o contrato não vinha sendo cumprido há mais de 8 meses tornando a situação insustentável, o que forçou a direção da Rádio Difusora, para cumprir com as exigências legais, encerrar a parceria. A direção pede desculpas aos ouvintes e assegura que está trabalhando pra colocar no ar uma programação de qualidade e de gosto.

Padre Paulo Cézar Nunes de Oliveira – Diretor da Rádio Difusora.