Repórter da Rádio Galera de Porto Alegre sofre ofensas machistas de torcedores do São José

(Reprodução/Twitter)
Do Vavel (Henrique Kônig)

Um fato lamentável marcou a partida entre São José x Internacional B, válida pela Copa Paulo Sant'Ana, realizada neste sábado. Alguns torcedores do clube mandante proferiram ofensas machistas contra a repórter Júlia Goulart (foto), da Rádio Galera de Porto Alegre. O episódio repercutiu nas redes sociais.

"Hoje foi difícil. E eu tenho um recado pra minoria da torcida do São José que tentou me derrubar: vocês não vão conseguir", escreveu a repórter no Twitter. O episódio gerou revolta de seguidores da repórter nas redes sociais, de outras mulheres, torcedoras e torcedores, demais profissionais da imprensa e até chegou à conta oficial do São José, que emitiu nota de repúdio. Leia abaixo.

"NOTA DE REPÚDIO

Futebol é coisa para homem? É coisa para macho? Não. Futebol é coisa para humanos, para socializar, divertir e desenvolver amizades.

No final da partida deste sábado, no Estádio Morada dos Quero-Queros, lamentavelmente, pelo menos um torcedor dirigiu ofensas _ que não serão reproduzidas aqui _ à repórter Julia Goulart, da Rádio Galera. Uma atitude machista, mal educada e desrespeitosa à profissional que estava ali cumprindo o seu ofício.

Infelizmente, hoje aconteceu com a Julia, mas diariamente a conquista deste espaço no futebol pelas mulheres é bombardeada pelo pensamento retrógrado que ainda habita arquibancadas, gramados, vestiários e também microfones.

Aconteceu dentro da nossa torcida. E o Esporte Clube São José repudia com veemência tal atitude. E não compartilha do pensamento de pessoas que ainda não compreenderam que lugar de mulher é onde ela quiser. No Zeca é assim. Quem não compartilha disto e veste esta camisa, realmente não entende o que é ser São José.

Lamentamos o ocorrido, nos desculpamos à Julia, em nome da nossa torcida, e repetimos: os portões do Passo d'Areia estão sempre abertos a ti e a todas as mulheres que têm no futebol a sua paixão e o seu ofício.

Machistas, aqui não!

#machistasnãopassarão #Zecaédetodos"


O apoio à Júlia Goulart veio por meio de mensagens nas redes sociais, de torcedores e torcedoras de diferentes clubes, além dos colegas da imprensa. Apesar dos incentivos em prol da repórter, alguns tentaram minimizar ou mascarar a ação ocorrida, afirmando que seria um exagero ou busca por mídia.

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no GOOGLE+.



Repórter da Rádio Galera de Porto Alegre sofre ofensas machistas de torcedores do São José Repórter da Rádio Galera de Porto Alegre sofre ofensas machistas de torcedores do São José Reviewed by Ribamar Xavier on 1.10.17 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.