O time da imprensa, por Alipio Jr Coluna #140

Colunista comenta afirmação de Rodrigo Caio de que a imprensa é corintiana (Fernando Dantas/Gazeta Press)
Nessa semana o jogador Rodrigo Caio em entrevista disse que a imprensa era corintiana, por achar que o discurso da imprensa influencie e pressione a arbitragem, fazendo com que num lance duvidoso o apito caia mais para lá do que para cá.

Ele está errado, mas não de todo.

Há algumas colunas atrás discutimos sobre a dificuldade de alguns comentaristas em esconderem a torcida e a maneira equivocada que analisam quando é o seu time de coração em campo. O que torna tudo pior quando escondem o time e acabam flagrados sorrateiramente em arquibancadas ao contrário de outros que assumem o time do coração e nem por isso possuem sua análise questionada, quando fazem de outros times, tamanha demonstração de imparcialidade que os acompanham.

Os times de massa, com a maior torcida do Estado e em alguns casos do país, são também os maiores consumidores e telespectadores de qualquer programa televisivo. Influenciam uma quantidade expressiva de pessoas. Mexer com estes é a garantia de audiência e o que acontece em seus jogos acabam repercutindo mais do que os demais times. Entretanto não é de hoje que essa linha tem sido modificada e a própria imprensa tem ignorado os “queridos”, de vez em quando.

Alipio Jr.
@alipioj
No Redação SporTV, tanto Rizek (o apresentador) quanto Cereto, o correspondente paulista e dublê de apresentador, criticaram Carille, o Corinthians e responderam no ar a um e-mail da assessoria de imprensa corintiana. Expediente similar foi usado no grotesco lance do gol de mão do Jô, quando criticaram duramente o jogador e o clube, relembrando de como reagiram com o próprio Rodrigo Caio no passado.

Rusga similar aconteceu no futebol carioca, entre o Jornal Extra e o Flamengo, quando estamparam na capa do jornal que deixariam de chamar o goleiro Alex Muralha pelo apelido de “Muralha”, em represália as más atuações, segundo o editor do jornal, que tem o time do coração escancarado por aí. A repercussão foi imensa e gerou a curiosidade que os jornais não possuem mais.

Sendo assim, é possível acreditar que o discurso do Rodrigo Caio teria mais sentido se dissesse que parte da imprensa é corintiana, pois há programas que gastam boa parte da sua exibição discutindo sobre este clube em detrimento do tempo dispensado aos concorrentes, porém há outros que o fazem costumeiramente, então generalizar é um injusto.

Abraços e até a próxima.

Curta nossa página no FACEBOOK.
Siga o Esporteemidia.com no TWITTER.
Nos acompanhe no GOOGLE+.



O time da imprensa, por Alipio Jr Coluna #140 O time da imprensa, por Alipio Jr Coluna #140 Reviewed by Ribamar Xavier on 27.9.17 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.