Mesmo sem direitos de transmissão, emissoras fazem bela cobertura jornalística da Seleção Brasileira, por Aécio de Paula

Colunista comenta a cobertura jornalística da Seleção Brasileira realizada pelas emissoras de TV (Lucas Figueiredo/CBF)
A menos de um ano da Copa do Mundo da Rússia, a Seleção brasileira volta a campo na quinta-feira (31), contra o Equador, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre pelas Eliminatórias. É de se elogiar a cobertura dada ao jogo pelas emissoras que não têm os direitos de transmissão nem das Eliminatórias nem do Mundial no ano que vêm.

Até agora, só Globo, SporTV e FOX Sports tem a competição garantida na temporada de 2018. As demais ou já desistiram de lutar pelos direitos, ou estão muito longe de conseguir efetivar um contrato. Mesmo assim, essas emissoras seguem fazendo um trabalho jornalístico completo acerca das partidas da Seleção.

ESPN, Esporte Interativo e até mesmo o Grupo Bandeirantes mandaram suas competentes equipes de jornalistas para Porto Alegre para cobrir com afinco os treinos, as coletivas e todo o clima do jogo contra o Equador. O detalhe é que não se trata de um clássico e o próprio Brasil já está classificado para o Mundial, o que inevitavelmente tira um pouco da importância do jogo.

Aécio de Paula
Colunista do Esporteemidia.com
@TorcidaBrasil2
Algumas dessas emissoras que não têm os direitos de transmissão colocam no ar programas esportivos para debater o jogo logo depois que o mesmo acaba. E normalmente dá muito certo já que tanto ESPN quanto Esporte Interativo têm um público fiel.

Isso se chama respeito pelo telespectador. Algo que não deveria, mas está em falta no nosso jornalismo. É esse respeito pela notícia independente de direitos de transmissão e audiência que faz com que várias pessoas criem uma identidade com esses canais. É o que faz, por exemplo, uma pessoa trocar de canal depois do jogo e preferir assistir os comentários na mesa redonda do seu canal preferido. Isso é louvável.

Isso é Jornalismo.

Curta nossa página no Facebook.
Siga o Esporteemidia.com no Twitter.
Nos acompanhe no Google+.



Mesmo sem direitos de transmissão, emissoras fazem bela cobertura jornalística da Seleção Brasileira, por Aécio de Paula Mesmo sem direitos de transmissão, emissoras fazem bela cobertura jornalística da Seleção Brasileira, por Aécio de Paula Reviewed by Ribamar Xavier on 31.8.17 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.