Header Ads

Diretor da CBF acha que fim de processo por direitos de TV da seleção termina em um mês

Rogério Caboclo é diretor executivo de gestão da CBF (Divulgação/CBF)
A CBF fez uma experiência de transmitir por meios próprios, na internet e em TV pública, os últimos dois amistosos da seleção brasileira. Passado o experimento, considerado um sucesso pela entidade, já foi dado o pontapé inicial para a comercialização dos direitos de transmissão dos jogos da seleção até a Copa de 2022. Segundo o diretor executivo de gestão da entidade, Rogério Caboclo, a previsão é que o processo termine ao final de setembro.

sobre a venda separada dos direitos, Caboclo disse que o assunto ainda está em discussão. O cartola ainda ressalta que a relação com a Globo não ficou abalada pelo fato de a emissora não ter transmitido os jogos do Brasil contra Argentina e Austrália. Além desse tema, o diretor da CBF aborda os planos relacionados à internacionalização do futebol brasileiro e como os clubes se enquadram nisso.

Para ler na íntegra a entrevista que o direitos da CBD concedeu ao Lance! clique neste link.

Curta nossa página no Facebook.
Siga o Esporteemidia.com no Twitter.
Nos acompanhe no Google+.