Veículos do Grupo RBS realizam ampla cobertura sobre o adeus a Paulo Sant’Ana

Zero Hora produziu edição especial nesta sexta-feira (21) e, no sábado (22), publicará caderno de 24 páginas com coletânea de crônicas (Divulgação)
Para honrar a trajetória de mais de 40 anos no Grupo RBS e prestar homenagens ao jornalista Paulo Sant’Ana, que morreu na quarta-feira (19), em Porto Alegre, todos os veículos da RBS produziram conteúdos especiais lembrando momentos marcantes e destacando o legado deixado pelo cronista.

Nesta sexta-feira (21),  Zero Hora entrega aos leitores uma edição histórica, que busca proporcionar a lembrança de um hábito que Paulo Sant’Ana ajudou a criar nos gaúchos desde que começou a escrever sua coluna em ZH, na penúltima página do jornal, em 1989: a edição foi toda produzida de trás para frente. Um vídeo no site de Zero Hora mostra aos leitores a razão de iniciativa – fazer com que os leitores cheguem mais rapidamente à coluna de Sant’Ana. Na experiência, a leitura segue com a página das cruzadas, do horóscopo, da previsão do tempo, Almanaque Gaúcho (especial sobre Sant’Ana), cobertura esportiva, até que o leitor chega ao Informe Especial e, por fim, à capa, que leva a manchete do jornal.

Em 16 páginas, o jornal traz toda a cobertura da despedida do jornalista, com as personalidades que passaram pelo velório, o enterro e as repercussões entre familiares, amigos, leitores e profissionais de comunicação.

Na Superedição deste sábado (22), ZH publicará um caderno especial com 24 páginas que trarão reportagens sobre Sant’Ana e suas letras, seus livros, além de uma coletânea de crônicas escritas pelo jornalista – a última delas, intitulada Morri ou Não Morri. O conteúdo também estará disponível em e-paper digital, com 15 crônicas adicionais, e histórias de pessoas que tiveram a vida modificada após serem citadas por Sant’Ana em suas colunas.

Desde a confirmação da morte de Sant’Ana, por volta das 23h30 de quarta-feira (19), iniciou-se a mobilização dos veículos da RBS para resgatar detalhes da carreira do jornalista que marcou a história da comunicação no Rio Grande do Sul. A Gaúcha fez o registro da perda de Sant’Ana e deu início a uma jornada que se estendeu ao longo de toda a quinta-feira.

Com um Redação RS Especial, a RBS TV começou a cobertura da despedida de Paulo Sant’Ana no início da madrugada. A emissora dedicou grande parte da programação de seus telejornais aos detalhes da trajetória do jornalista, entradas ao vivo direto do velório na Arena do Grêmio, participação de telespectadores de 11 cidades da emissora, além de personalidades comentando a importância do comunicador na imprensa gaúcha.

No Globo Esporte, Duda Garbi, o intérprete de Santaninha – personagem que imita a fala e os trejeitos de Paulo Sant’Ana – fez um comentário sobre a vitória do Grêmio sobre o Vitória, na Bahia, horas antes da morte do comunicador. Além de homenagens, participações do presidente e técnico do Grêmio, e outros conteúdos especiais.

As edições impressas de quinta-feira (20) de Zero Hora e do Diário Gaúcho contemplaram os principais momentos da vida de Sant’Ana. No site de ZH, os leitores encontraram vídeos com imagens marcantes da carreira, depoimentos de amigos e parceiros de trabalho e imagens dos fãs relatando experiências com o cronista.

Curta nossa página no Facebook.
Siga o Esporteemidia.com no Twitter.
Nos acompanhe no Google+.



Veículos do Grupo RBS realizam ampla cobertura sobre o adeus a Paulo Sant’Ana Veículos do Grupo RBS realizam ampla cobertura sobre o adeus a Paulo Sant’Ana Reviewed by Ribamar Xavier on 21.7.17 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.