Anuncio!

Tornado, por Albio Melchioretto, Coluna #146

Ricardo Teixeira e Sepp Blatter foram citados no Relatório Garcia comentado pelo colunista (EPA)
Sargento Garcia foi um personagem marcante do seriado Zorro, filmado pelos estúdios Disney, a partir da segunda metade dos anos de 1950, interpretado pelo carismático Henry Calvin. O personagem, é um militar gordo, desajeitado, de reto caráter, adicionado pela Disney a história original. Apesar do jeito carismático, Garcia perde-se entre as normas e a obrigação militar optando pelo governo tirano e opressor da história.

Ao longo da semana, a FIFA divulgou o Relatório Garcia. O texto traz a investigação da entidade sobre as escolhas de sedes da Copa do Mundo de 2018, que será na Rússia, e de 2022, a ser realizada no Qatar. As informações eram mantidas em sigilo, mas a federação divulgou os documentos após um jornal alemão ter noticiado alguns trechos deles. No relatório está evidenciado o envolvimento da CBF e da AFA na aceitação de suborno. Nenhuma novidade, quanto penso, Teixeira e Grandona, já associo com corrupção.

Albio Melchioretto
albio.melchioretto@gmail.com
@amelchioretto
Diante do fato me espanta a passividade da mídia brasileira, de modo geral. São poucas vozes que se erguem diante das falcatruas apuradas pelo Relatório Garcia. Grandes portais da mídia esportiva reproduziram a mesma notícia. Tive dificuldades para encontrar o texto na íntegra, e só o consegui via imprensa europeia. Os canais de televisão, deram poucos minutos e a mídia impressa, quase nenhuma linha. Os portais alimentaram a notícia por algumas horas apenas e ponto. Tive a oportunidade, de no dia da divulgação, acompanhar apenas duas rádios esportivas, e ambas teceram reflexões aprofundadas.

O esporte não é apenas entretenimento. Aqui está minha crítica. Os canais esportivos, abertos e de notícias deram pouca ou quase nenhuma ênfase ao relatório. Parece-me que a notícia fica para segundo plano. Existe, uma bolha crescente de conformismo diante do lamaçal imoral que vivemos. Os fatos são denunciados, mas não vejo nenhum movimento de resistência, de contestação, de grito por um espaço limpo. E tudo permanecerá como tal. A copa será na Rússia e no tradicional Qatar, como se não tivesse acontecido nenhuma notícia. A mídia, ao tampar, ou não falar do fato, está legitimando os gangsteres que comandam o futebol. A paixão pelo futebol não pode ser superior as condutas éticas e morais. Mas é melhor cantar em russo que se preocupar com isso.

A semelhança entre o relatório e o personagem de Zorro, não está apenas no nome. Está na morosidade diante do ato. A incapacidade de Garcia em perceber os desmandos da coroa e do esforço do justiceiro mascarado é a mesma incapacidade da mídia que rende-se a interesses comerciais tratando do esporte apenas como entretenimento. Enquanto preponderar mesas-rededodas de rodadas e de escolha do gol mais bonito, o esporte engalfinhará comandado por corruptos, e nós, aplaudiremos cegos nossos jogadores preferidos.

Curta nossa página no Facebook.
Siga o Esporteemidia.com no Twitter.
Nos acompanhe no Google+.



NOTÍCIAS CORRESPONDENTES

Tecnologia do Blogger.