Header AD

Record acusa Globo de comprar direitos da Copa de 2002 sem pagar impostos

Record atacou Globo no 'Domingo Espetacular' (Reprodução)
A Record levou ao ar nesse domingo (16) uma reportagem sobre a Globo no 'Domingo Espetacular'. De acordo com o TV Foco, por Fernando Nascimento, a emissora discorreu sobre a possibilidade do ex-ministro Antonio Palocci de envolver a emissora carioca em uma possível delação premiada. “A causa do pesadelo nos poderosos”, disse o repórter do canal.

De acordo com a Record, a Globo estaria temendo a delação de Palocci, pois ele pode “contar o que sabe sobre os negócios dos irmãos Marinho”.

Entre as acusações mencionadas pela Record contra a Globo, está a de sonegação de impostos. A emissora argumentou que, como a Globo “quase quebrou” no início dos anos 2000, teve que montar um esquema criminoso para comprar os direitos de transmissão da Copa do Mundo daquele ano.

A Globo teria criado uma empresa de fachada no exterior, a Empire. Tal empresa adquiriu os direitos de transmissão da Copa, e foi dissolvida após isso, passando seus “bens” (os direitos de transmissão) à Globo, sem que o canal carioca precisasse pagar os impostos.

A Receita Federal descobriu todo o esquema e condenou a emissora a pagar pelo que devia ao Estado brasileiro. Após um ano com o pagamento atrasado, no entanto, a emissora teria se beneficiado com uma lei que dava grande desconto a quem pagasse à vista processos atrasados com a justiça.

Dessa forma, de acordo com a emissora, que entrevistou um jornalista com exclusividade, a Globo pagou R$ 1 bilhão referente à dívida, mas também teria deixado de pagar R$ 1 bilhão do montante inicial.

Curta nossa página no Facebook.
Siga o Esporteemidia.com no Twitter.
Nos acompanhe no Google+.



Record acusa Globo de comprar direitos da Copa de 2002 sem pagar impostos Record acusa Globo de comprar direitos da Copa de 2002 sem pagar impostos Reviewed by Ribamar Xavier on 17.7.17 Rating: 5