Anuncio!

Eurico Miranda diz que matéria sobre o Vasco exibida no 'Jornal Nacional' foi tendenciosa

Eurico Miranda após entrevista coletiva neste domingo (Bruno Braz/UOL)
O presidente do Vasco, Eurico Miranda, resolveu se posicionar sobre a matéria veiculada no último sábado (15) no 'Jornal Nacional', da Globo, onde se destaca que a Polícia Militar identificou membros de uma organizada suspensa pelo Ministério Público dos estádios entre os funcionários do clube [veja reportagem abaixo]. As informações são do UOL Esporte, por Bruno Braz.

Com um semblante tenso, o dirigente classificou a reportagem como "tendenciosa": "Tenho que deixar meu protesto: a Rede Globo e suas afiliadas fizeram uma matéria tendenciosa, maliciosa. Pediram para ter uma entrevista comigo. Eu sou contra entrevistas gravadas, e pinçaram o que interessavam e colocaram determinadas colocações que realmente são minhas, mas dentro de um contexto".

Sobre a denúncia, Eurico Miranda se defendeu dizendo não ter recebido nenhuma lista com os nomes dos torcedores proibidos de entrar em estádios e argumentou: "Aí coloca que o Vasco contrata torcedor de Força Jovem... Está de brincadeira! O Vasco tem 630 funcionários e eu não posso discriminar se eles são evangélicos, do PT... Não tenho essa discriminação. Assim como não tenho como saber se ele é de torcida tal. O Vasco tem 16 torcidas, algumas com mais de 50 anos, como vou saber?".



Curta nossa página no Facebook.
Siga o Esporteemidia.com no Twitter.
Nos acompanhe no Google+.



NOTÍCIAS CORRESPONDENTES

Tecnologia do Blogger.