Header AD

Coluna 'Quinta Categoria', por Carlos Salvador #20 (Os Engraçadinhos – com um fundo de razão)

Colunista comenta as modernas formas de anúncio de contratações (Reprodução)
Lembro me exatamente. Caminhão aberto, multidão na rua, carreata, fogos e festa, muita festa. Assim, os torcedores do Flamengo receberam Romário em sua apresentação no Flamengo em 1995. Tenho viva na memória também a apresentação de Cristiano Ronaldo, então “CR9” em um Santiago Bernabeu lotado com aproximadamente 80 mil pessoas em 2009. Para não ficar na mesmice, e trazendo um pouco para tempos e momentos atuais, temos Dedé, apresentado pelo Cruzeiro em 2013 em um Supermercado de Belo Horizonte. Todas elas com algo em comum: a intenção de ser diferente, chamar a atenção, mas sem sair da zona de conforto do departamento de Marketing. Pois bem, vivemos uma outra era. Tempos em que fazer o ‘diferente é normal’, e então é preciso inovar.
Não adianta somente vestir camisa do clube, responder as perguntas na entrevista coletiva e chutar bolas aos torcedores nas arquibancadas. A apresentação de um jogador agora é (e precisa ser) um evento que chame a atenção.

Nesta janela atual de transferências de jogadores na Europa, tem sido uma tendência cada vez mais clara, inovar e tentar atingir o máximo de torcedores possíveis ao anunciar uma contratação. Mas onde estão a maioria dos torcedores do clube no momento da apresentação? No trabalho? Escola? Dormindo? Pode ser milhares de lugares distintos, mas geralmente muitos estão juntos em um lugar: redes sociais. E então, é para lá que o clube vai.

Tornou-se mais que comum e usual a apresentação de jogadores através de anúncios no Twitter, Facebook, Instagram ou outras redes. Mas o diferencial agora é ser diferente nestas redes e até em jogos eletrônicos.

Carlos Salvador
fb.com/carlosaugusto.salvador
@calosalvador
Um dos primeiros ‘booms’ do mercado foi Salah no Liverpool. Todos os torcedores aguardavam dias ansiosos pelo anuncio do egípcio, e ficavam vidrados nas redes sociais dos Reds. Quando menos se esperava, surge um vídeo na página do clube, com alguém procurando matérias com “Salah anunciado”. Ao terminar a busca via celular, quem que aparece? O próprio Salah.

Outras duas apresentações e confirmações são mais que interessantes. A Roma lança um vídeo em quem está sendo jogada uma partida de FIFA17 com o clube, onde um cruzamento acontece e sai um gol dos Giallorossi. Quem faz o gol? Pellegrini, novo jogador do clube e já vestindo a camisa 7. Para encerrar, a mais criativa: Na Inglaterra, o departamento de marketing do Aston Villa, cria um grupo ‘fake’ de Whatsapp onde o presidente fala para o treinador que o zagueiro Jhon Terry está “30%+20%+10%+30%20%” contratado. O mais legal é o desenrolar de toda a conversa, inclusive com jogadores do clube.

Aqui neste link, tem uma matéria de ontem do globoesporte.com com as apresentações diferentes nesta janela.

Tudo isso que falamos, mostra o quão grandes clubes e grandes marcas do esporte estão envolvidas e atentas as redes sociais, as tendências dos torcedores, e principalmente ao que chama a atenção destes. É necessário mais que um desfile a céu aberto, ou apresentação com estádio lotado nos dias de hoje. É mais que obrigatório o clube estar engajado em tudo, tudo que engloba o interesse do torcedor pela sua marca. Isso faz com que a exposição do clube seja maior, a conquista de torcedores se torne algo maior, e consequentemente, fãs se tornarão consumidores de todo o potencial econômico do clube.

Curta nossa página no Facebook.
Siga o Esporteemidia.com no Twitter.
Nos acompanhe no Google+.



Coluna 'Quinta Categoria', por Carlos Salvador #20 (Os Engraçadinhos – com um fundo de razão) Coluna 'Quinta Categoria', por Carlos Salvador #20 (Os Engraçadinhos – com um fundo de razão) Reviewed by Ribamar Xavier on 13.7.17 Rating: 5