Anuncio!

Cobertura do Mundial de Esportes Aquáticos no SporTV merece elogios antes mesmo de começar, por Aécio de Paula


Colunista comenta cobertura do evento por parte do SporTV (Reprodução)
Nesta sexta-feira (14), começa o Mundial de Esportes Aquáticos de 2017. O evento acontece em Budapeste, na Hungria e conta com a presença de cerca de 3000 atletas divididos em diversas modalidades como Nado Sincronizado, Saltos Ornamentais, Polo Aquático, Maratona Aquática e a Natação, que é um dos esportes mais nobres do mundo olímpico.

Assim como o evento, a cobertura do canal por assinatura SporTV também será grandiosa. Segundo comentaristas do canal, a emissora vai transmitir ao vivo as principais competições de todas as modalidades do Mundial. Uma equipe completa vai cobrir o Mundial in loco, incluindo o Milton Leite, que é um dos principais narradores da casa, o que prova a importância que o canal parece estar dando ao evento.

A cobertura se concentrará nos canais SporTV2 e SporTV3. O GloboEsporte.Com deve fazer o acompanhamento em tempo real na internet. A maior atenção vai ser dada na Natação, que acontece na última semana do Mundial. Além do Milton Leite, os comentaristas Alex Pussieldi e Mariana Brochado além dos repórteres Edgar Alencar e Alexandre Oliveira participam da transmissão.

Aécio de Paula
Colunista do Esporteemidia.com
@TorcidaBrasil2
Durante o evento, o programa vespertino Planeta SporTV será apresentado ao vivo direto de Budapeste.  Mark Spitz vai comentar ao final de cada dia de provas durante o Mundial. O nadador americano é o segundo maior medalhista olímpico da história da modalidade e parece ter gostado da experiência de ser comentarista no canal. Spitz fez parceria com André Rizek no programa É Campeão durante as Olimpíadas do Rio de Janeiro e agora volta para um novo trabalho.

Como ponto negativo, o fato de apenas uma emissora transmitir o evento. Exclusividade só é boa para a emissora que têm os direitos. Já o telespectador perde os direitos de escolher em qual canal quer assistir. E que pena que o evento só será transmitido na TV fechada. Pior para a maior parte da população brasileira que só tem Tv aberta em casa. Segundo informações, a Federação Internacional de Esportes Aquáticos não transmitirá ao vivo os eventos no YouTube, como fez em 2013 na edição de Barcelona. Agora ela criou uma plataforma própria que transmitirá as competições. É paga. Não é barata.

A cobertura da emissora brasileira começa na próxima sexta feira. Além dos 59 atletas brasileiros, teremos vários nomes de peso do esporte mundial.

Vale a pena!

Curta nossa página no Facebook.
Siga o Esporteemidia.com no Twitter.
Nos acompanhe no Google+.



NOTÍCIAS CORRESPONDENTES

Tecnologia do Blogger.