Header Ads

Série especial do 'Jornal Nacional' apresenta a Rússia sede da Copa de 2018

Reportagens especiais no telejornal começam na próxima semana (Reprodução)
Sede da próxima Copa do Mundo, em 2018, a Rússia é o país de maior extensão territorial do mundo, com mais de 17 milhões de quilômetros quadrados. Nessa imensidão de terra foram travadas guerras históricas, surgiram gênios da arte, grandes goleiros e polêmicas que sacudiram o mundo da política e do esporte. A missão de contar um pouco dessa história marca o início dos trabalhos dos novos correspondentes da Globo na Rússia, Marcelo Courrege e Richard Souza. 'A Rússia da Copa', série especial para o 'Jornal Nacional', começa a ser exibida na próxima segunda-feira (12).

Para dar uma visão geral do país e celebrar a contagem regressiva de um ano para o início da Copa do Mundo, marcado para o dia 14 de junho de 2018, a série foi dividida em cinco episódios: futebol russo; estádios e obras da Copa de 2018; escândalos de doping; cultura e turismo; e situação política. "O objetivo dessa série é apresentar a Rússia aos brasileiros de uma forma rica e múltipla. Vamos falar de esporte, dos grandes eventos que o país vai receber, mas também de cultura, política e comportamento", explica Courrege.

Os correspondentes e a equipe visitaram museus, locais históricos, exposições de arte e os estádios que receberão a Copa das Confederações, a partir do próximo dia 17, e a Copa do Mundo no próximo ano – incluindo o de São Petersburgo, considerado o projeto mais audacioso e caro. "A história da Rússia é muito rica. No episódio que fala de política, lembramos grandes personagens desde o século 17. No de arte, falamos de ícones como Marc Chagall e Wassily Kandinsky. Foi um desafio sintetizar tanta informação", admite o jornalista.

O futebol, claro, é destaque na série. Famosa por seus goleiros, a escola russa inclui jogadores inesquecíveis, como Yashin e Dasayev. "Entrevistamos o Dasayev, que pode ser considerado o maior ídolo vivo do futebol russo. Ele enfrentou a histórica seleção brasileira de 1982 e tem opiniões polêmicas sobre esse time. Vale a pena conferir na série", garante Courrege, que também conversou com Guilherme, goleiro brasileiro naturalizado russo que acabou de ser convocado para a seleção da sede da Copa.

O escândalo de doping que tirou atletas russos dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio, no ano passado, não poderia ficar de fora. A equipe conversou com o presidente do Comitê Olímpico Russo para entender o que está sendo feito para acabar de vez com o problema.

Além da série para o 'Jornal Nacional', Marcelo Courrege fará na próxima segunda-feira, dia 12, uma série de entradas ao vivo nos telejornais e programas esportivos da Globo para trazer todas as notícias que estão tomando conta do país a um ano do início da próxima Copa do Mundo. A emissora também investe na produção de reportagens e na cobertura jornalística da Copa das Confederações, que começa no dia 17 e que, pela primeira vez, não contará com a presença da Seleção Brasileira. Para reforçar a equipe na Rússia, os repórteres Marcos Uchoa, Lívia Laranjeira e Guido Nunes embarcam para o país para a produção de reportagens, em cobertura integrada com o Sportv.

A série de cinco episódios 'A Rússia da Copa' estreia na próxima segunda-feira (12), no 'Jornal Nacional'.

Curta nossa página no Facebook.
Siga o Esporteemidia.com no Twitter.
Nos acompanhe no Google+.