Header Ads

Repórter da Globo se machuca em confusão generalizada ocorrida em Turim

Victor Bastos é repórter da Globo Nordeste com sede em Recife (Reprodução)
O jornalista brasileiro Victor Bastos, da Globo Recife, foi uma das 1527 pessoas que se feriram no tumulto generalizado em Turim, na Itália, no último sábado (3), durante a cobertura da final da Liga dos Campeões entre Juventus e Real Madrid.

De acordo com o UOL Esporte, ele machucou a perna e a boca em meio ao corre-corre que se instalou na praça San Carlo após o barulho de uma explosão. Cerca de 40 mil pessoas estavam presentes.

"O terrorismo virou uma sombra, anda ao lado de cada um por aqui [na Europa]. Imagina, então, milhares no mesmo local depois do boom. Pânico e tensão", relatou ele no Facebook.

"Estava a 50m da explosão. Gente aos montes sendo pisoteada e gritando que era um atentado. Cercando as saídas de toda a praça existiam grades de ferro - justamente pra controlar o que podia ou não entrar. Numa dessas barreiras machuquei a perna e a boca enquanto pulava e fui empurrado", continuou.

"Corri aproximadamente 6km até a estação central de trem. No caminho muita gente ferida, desmaiada. Objetos perdidos (sapatos, bolsas, celulares). Inacreditavelmente também tinha gente aproveitando pra roubar", contou Victor, que estava em Milão e foi a Turim apenas para acompanhar o espetáculo protagonizado pelos torcedores da Velha Senhora.

Na confusão na praça San Marco, muitas pessoas precisaram de atendimento médico após caírem em meio ao empurra-empurra e se machucarem no chão. Algumas delas ficaram ensanguentadas, e uma criança está hospitalizada em coma com traumas no tórax e na cabeça.

Não há ainda uma versão oficial para o que teria causado o tumulto. Mas de acordo com o jornal "Gazzetta dello Sport", dois homens prestaram depoimento à polícia local admitindo que se fingiram de terrorista para fazer uma pegadinha.

Curta nossa página no Facebook.
Siga o Esporteemidia.com no Twitter.
Nos acompanhe no Google+.