Header Ads

Mesmo sem jogo da seleção, Globo mantém média de audiência em São Paulo

Apenas TV Cultura e TV Brasil transmitiram Brasil e Argentina (AFP)
A TV Cultura, com o amistoso da seleção brasileira na manhã desta sexta-feira (9), registrou em São Paulo audiência cinco vezes maior do que costuma obter no mesmo horário. Porém ficou em quarto lugar entre as TVs abertas, atrás de Globo, Record e SBT. A informação foi publicada pelo UOL Esporte, por Eduardo Ohata.

A TV pública alcançou 2,3 pontos de audiência, entre as 7h12 e 9h06, horário em que a bola rolou na derrota do Brasil para a Argentina. A média da Cultura nas últimas quatro sextas-feiras foi de 0,4 pontos.

No mesmo período, a líder Globo liderou a audiência no horário com 11,3 pontos, em medição prévia do Ibope, que está sujeita a alterações até a divulgação dos dados consolidados, provavelmente na segunda-feira. Trata-se da mesma média de audiência que a Globo atingiu nas últimas quatro sextas-feiras.

Como parâmetro de comparação com o amistoso de hoje, o último amistoso da seleção exibido pela Globo, Brasil x Colômbia, em janeiro, obteve 25,3 pontos, embora tenha sido transmitido no horário nobre.

O último amistoso realizado em um horário próximo ao de hoje e exibido pela Globo foi Brasil x Japão, em outubro de 2014, quando a emissora registrou 11,1 pontos de audiência.

Durante o mesmo período em que a bola rolou no jogo da seleção, a Globo exibia o jornalístico 'Bom dia Brasil' e o programa de variedades ''Mais Você'.

Também em São Paulo, a TV Brasil, que também exibiu o amistoso, após a CBF comprar espaço na grade, bateu nos 0,6 pontos.

No horário, a Record ficou com 5,2 pontos; SBT, com 3,5 pontos e Band, com 1,1.

A medição é do Ibope, com dados da Grande São Paulo.

JORNAL NACIONAL

O 'Jornal Nacional' quebrou uma tradição da emissora e não noticiou na noite desta quinta-feira (8) os preparativos para o amistoso da seleção brasileira contra a Argentina, que foi realizado nesta sexta (9), em Melbourne, na Austrália.

Curta nossa página no Facebook.
Siga o Esporteemidia.com no Twitter.
Nos acompanhe no Google+.