Header AD

Coluna #133: Qual é a prioridade?, por Alipio Jr

Colunista questiona escolha de jogos de transmissão da Globo (Gilvan de Souza / Flamengo)
Nesta semana foram divulgadas as datas dos confrontos pela Copa do Brasil e Libertadores, competição que conta com quase todos os times brasileiros que a iniciaram, excetuando-se por Chapecoense e Flamengo. O mais estranho na divulgação das datas e confrontos está na escolha da Rede Globo pela exibição dos confrontos.

No início do ano, com o Botafogo disputando a famigerada fase inicial da competição sul-americana, seus jogos foram exibidos e a emissora teve boa audiência. Na tevê aberta, o time carioca foi o escolhido para ser exibido para maior parte do país e os números foram relativamente bons, com 27 pontos no jogo de ida e 28 pontos no jogo de volta.

Quando iniciou a fase de grupos, a emissora escolheu exibir apenas o Flamengo, como normalmente já o faz aos finais de semana em jogos do Campeonato Carioca e posteriormente, Brasileiro e relegou os demais clubes ao SPORTV quando tinha os direitos de transmissão, já que os mesmos são alternados com o FOX Sports.

Escolher quem transmitir é um direito da emissora, entretanto este deve ser baseado nos números aferidos. A audiência dos jogos seguintes demonstrou que a alternância não traria prejuízos aos patrocinadores e anunciantes do referido bloco. O que causou estranheza foi a escolha feita agora, a partir dos sorteios das Oitavas de final das competições.

Alipio Jr.
@alipioj
Se a Libertadores é a competição mais importante do Continente e a emissora até então tratava assim, agora deu de ombros para as classificações e informou que exibirá a Copa Sul-americana, que era tratada como patinho feio ou tapa-buraco para noites vazias. Perdoe se falo especificamente do Rio de Janeiro, pois em outras praças as datas dos times foram ajustadas para exibição as quartas no horário principal.

Com um pouco de esforço você tenta entender as escolhas da Copa do Brasil, mas fica sem compreender a opção feita para o torneio continental. Por que ele é valorizado para todos os estados e ignorado apenas num local? Como ficam os anunciantes e patrocinadores do(s) clube(s) ao saber que a emissora que poderia dar maior visibilidade ignorará o local onde sua marca será exibida?

Não podemos dizer que a reclamação do clube e de seus torcedores seja vazia, é pertinente e diz muito sobre as escolhas que a emissora e patrocinadora faz até aqui, que são para lá de questionáveis.

Abraços e até a próxima.

Curta nossa página no Facebook.
Siga o Esporteemidia.com no Twitter.
Nos acompanhe no Google+.



Coluna #133: Qual é a prioridade?, por Alipio Jr Coluna #133: Qual é a prioridade?, por Alipio Jr Reviewed by Ribamar Xavier on 17.6.17 Rating: 5