Header Ads

Rede Família encerra grade esportiva; 'RF Esportes' estava há 10 anos no ar

'Camarote RF' era uma das atrações esportivas da emissora (Reprodução)
A Rede Família de Televisão a partir deste mês de maio não tem mais nenhuma atração esportiva em sua grade de programas. A informação é da Agência Futebol Interior.

No ar há mais de dez anos, com interrupção de um curto período que a emissora ficou com programação exclusivamente de conteúdo religioso, o 'Rede Família Esportes' era o programa que estava fazia mais tempo na programação da emissora.

Nos últimos três anos, os programas esportivos passaram a ter repercussão nacional com a entrada da Rede Família nas antenas parabólicas, além de manter-se em sinal aberto em sete Estados diferentes do Brasil e em várias operadoras de tv a cabo.

“Nos últimos anos trouxemos mais de 250 convidados diferentes em nossa programação esportiva. Além da amplitude de audiência, foi pelos programas esportivos que a Rede Família teve sua marca conhecida e reconhecida pelo público”, explica Guina Paiva, que era o diretor e âncora da programação esportiva.

A programação esportiva da Rede Família tinha como destaques os programas “Camarote RF”, com as presenças de treinadores e dirigentes e o“Quarta do Craque”, com a participação de ex-jogadores que fizeram sucesso no futebol brasileiro. Além de duas edições do “Rede Família Esportes”, com uma programação diária de uma hora e meia só de jornalismo esportivo.

Além de Guina Paiva, a Rede Família tinha uma equipe de experientes cronistas esportivos como Zenon de Souza Farias, Artur Eugênio Mathias, Nando Lopes e Ederaldo Poy. Nos últimos anos também estiveram atuando na Rede Família, o ex-goleiro Veloso, o ex-árbitro Flávio de Carvalho e os radialistas Roger Willians e João Carlos Carvalho.

Desde o final do ano passado, a Rede Família já vinha dando sinais de reestruturação para retração financeira. Primeiro, com o final do sinal da emissora em algumas operadoras de televisão no Estado de São Paulo e, depois, com a divisão do sinal do satélite, tirando a programação das antenas parabólicas.

Curta nossa página no Facebook.
Siga o Esporteemidia.com no Twitter.
Nos acompanhe no Google+.