Header Ads

Crítica de Rafael Ribeiro faz Vasco proibir entrada da ESPN em São Januário

Rafael Ribeiro é narrador e apresentador (Reprodução)
A ESPN Brasil está proibida de entrar em São Januário para fazer a cobertura de treinos e atividades do Vasco. A decisão foi tomada pelo presidente do clube, Eurico Miranda, após críticas do apresentador Rafael Ribeiro ao mandatário durante um programa da emissora no último sábado (8), após o Vasco eliminar o Flamengo e avançar à final da Taça Rio. As informações foram publicadas pelo UOL Esporte, por Leandro Carneiro e Pedro Ivo Almeida.

Momentos após o empate por 0 a 0 que garantiu a classificação vascaína, o clube postou um vídeo em seus canais oficiais do tradicional grito de "Casaca" puxado por Eurico dentro do vestiário, comemorando a vaga diante do maior rival.

Tão logo a ESPN reproduziu a imagem durante o programa de debate, Rafael Ribeiro fez duras críticas ao presidente e à sua comemoração com os jogadores. Na visão do apresentador e comentarista, tal classificação não merecia aquele festejo todo.

"Gostaria de deixar registrado meu protesto em relação ao que nós acabamos de ver. O Vasco já teve esse cântico exaltado em momentos muito mais propícios. Classificação para uma Taça Rio que não vale absolutamente nada, nem para o Campeonato Carioca, é assinar embaixo dos 'antis' que dizem que o Vasco acabou. Isso aqui para mim não vale. Se você vascaíno ficou feliz, gritou casaca hoje, estou fora disso aí", disse Rafael.

"Ele [Eurico] recentemente esteve aqui e falei 'isso aqui é Vasco'. Não é que eu defenda. Se tiver que meter o pau, serei o primeiro a fazer isso. Isso aqui que ele fez não é Vasco, pelo amor de Deus", completou o apresentador, apontando para o vídeo.

Insatisfeito com as palavras do comentarista da ESPN durante o programa, Eurico ordenou que a emissora fosse barrada por tempo indeterminado das dependências de São Januário. Na noite de segunda-feira (10), por e-mail, a diretoria cruzmaltina repassou a ordem do presidente ao canal. Na terça (11), nenhuma equipe da ESPN realizou a cobertura in loco do treino vascaíno.

Acostumada ao tom crítico diante das posturas do polêmico presidente, a emissora, desta vez, não comentou o caso em seus programas. O impasse é tratado internamente, especialmente pelo fato de a direção da casa ver razão parcial na reclamação de Eurico e entender que houve certo exagero nas palavras de Rafael.

Também por e-mail, a ESPN respondeu. A direção do canal buscou um diálogo com Eurico Miranda e disse que já estava resolvendo o caso. A emissora solicitou que a liberação do acesso ao clube fosse restabelecida tão logo uma solução interna sobre Rafael Ribeiro fosse encontrada. Eurico disse que aguardaria e avaliaria o caso na sequência.

Procurada, a ESPN confirmou o veto do Vasco e informou que analisará internamente a situação de Rafael Ribeiro.

Veja no player abaixo as críticas de Rafael Ribeiro no 'Bate Bola'.



Curta nossa página no Facebook.
Siga o Esporteemidia.com no Twitter.
Nos acompanhe no Google+.