Header Ads

Abel Neto diz ser vítima de racismo nos estádios brasileiros

Abel Neto participaou do 'Bem, Amigos!' do SporTV (Reprodução)
O 'Bem, Amigos!' desta segunda-feira (3), no SporTV, promoveu um debate sobre discriminação no esporte. Segundo o UOL Esporte, na ocasião, o repórter da Globo Abel Neto, contou que já foi vítima de ofensas racistas em estádios de futebol.

''Muitas vezes. Até hoje quando vou a algum estádio, dependendo do estádio tem alguns xingamentos. Em português claro: macaco. Na verdade, esse tipo de falta de educação, de intolerância, tem relação com todo mundo, independente de ser negro. Às vezes é por bairrismo, já vi mulheres repórteres, ofensas, xingamentos. São coisas que existem, infelizmente, não só no Brasil, mas em todas os países no mundo, mas que a gente tem que enfrentar'', disse Abel, quando questionado pelo apresentador Luis Roberto sobre o assunto.

''Acho que todo mundo é igual, mulher, negro, branco, japonês, índio. Enfim, se você tem a oportunidade e vai atrás, você consegue. Ainda bem que é minoria. A maioria é carinhosa, é respeitosa com o nosso trabalho. Em relação a entrar no mercado de trabalho, não (sofri), mas a gente ainda enfrenta esse tipo de coisa desagradável no dia-a-dia dependendo do ambiente'', relatou.

''Acho legal a gente refletir. Pode início de uma coisa que daqui a dez anos vai ser totalmente diferente e que hoje tem o preconceito, a discriminação, tem xingamento, gente que não aceita. Pode mudar muito e está sendo um pontapé inicial'', completou o repórter.

Curta nossa página no Facebook.
Siga o Esporteemidia.com no Twitter.
Nos acompanhe no Google+.