Header Ads

Everaldo Marques diz que não tinha ideia da revolta dos fãs de Lady Gaga

Fás da cantora Lady Gaga criticaram o narrador Everaldo Marques (Reprodução)
Narrador da ESPN, Everaldo Marques foi alvo de uma polêmica inusitada nas redes sociais durante a transmissão do Super Bowl, no último domingo (6). Ao elogiar Lady Gaga, que fez o tradicional show de intervalo do jogo, ele a chamou de “ridícula” – o que muitos fãs da cantora entenderam como um ataque.

“Palmas, palmas, palmas, o Tocantins inteiro para você, Lady Gaga. Você é ridícula!”, disse Everaldo, usando o bordão que já se tornou uma de suas marcas na ESPN.

SAIBA MAIS
Após 'polêmica' na transmissão do Super Bowl, ESPN se une por Everaldo Marques

“Eu falei o que falei porque é um elogio, tanto que tem narrações minhas em que eu chamo os jogadores de ridículos”, explicou o jornalista ao UOL, por Beatriz Amendola. “Porque lá nos Estados Unidos eles usam esse ‘ridiculous’ como uma coisa fora do padrão, acima da média, de um nível muito alto.”

Nas redes sociais, a reação de quem não gostou do ‘ridícula’ foi instantânea. Everaldo foi avisado do que estava acontecendo por um amigo e logo em seguida esclareceu o significado do termo na transmissão e em seu perfil do Twitter, assim como fez o perfil oficial da ESPN.

“Entendo que tenha muita gente ontem que era fã da Gaga e estava curioso pelo show, não estava nem aí pro jogo. Eu entendo que exista esse público. Fiz esse esclarecimento porque acredito que seja possível a existência de fãs da Gaga que não conhecessem meu trabalho. Mas com a consciência absolutamente tranquila, porque eu sei com que sentido eu usei. Logo que o show acabou, eu entrei e falei ‘palmas, palmas, o Tocantins inteiro pra você, Lady Gaga’ – que é uma coisa  que as pessoas usam no Twitter pra dizer que o negócio é muito bom. E aí eu usei o ‘você é ridícula’. É óbvio que a minha intenção era elogiar”, disse o narrador.

Após a forte reação, Everaldo chegou a conversar com fãs que deixaram mensagens em sua página no Facebook para explicar o bordão. Para alguns, chegou a enviar um vídeo de uma narração das finais da NBA em junho de 2015, em que chama o jogador Stephen Curry de “ridículo” após ele fazer uma cesta de 3 pontos. E o retorno tem sido positivo: “Alguns já me retornaram agora de manhã, pedindo desculpas, dizendo que não tinham entendido, que estavam muito empolgados com o show que tinha sido sensacional e aí não entenderam o contexto. Já outros vão ser mais radicais”.

O jornalista ainda notou que, em meio às críticas, também foi defendido por espectadores que já acompanhavam seu trabalho. “Eu fiz questão de ir ao Twitter e falar pra me posicionar, mas se você olha a timeline, na hora quem é fã de futebol americano já saiu em minha defesa, falando que é um bordão”.

Apesar de o show do Super Bowl chamar quase tanta atenção quanto o jogo em si, essa foi a primeira vez em que Everaldo obteve essa reação dos fãs – até porque Gaga foi a primeira artista a quem ele chamou de “ridícula”. “A primeira vez que eu falei que alguém era ridícula no show foi ontem, porque realmente achei que o show sensacional, achei que ela matou a pau. Ela é uma show woman sensacional, tem uma presença de palco gigantesca, um talento muito grande. Admiro como cantora”.

“Só não tinha ideia de que os fãs mais fervorosos, digamos assim, fossem se revoltar com um negócio que era um elogio. Os caras não entenderam que era um elogio, aí a culpa não é só minha”, completou.

Como o Super Bowl é uma atração com um público maior e que atrai mais leigos no assunto, Everaldo costuma usar uma linguagem mais acessível durante a transmissão – mas focada mais na parte técnica do jogo. “O show é uma atração importante. mas a minha preocupação de ter cuidado com o público que está vendo aquilo pela primeira vez é com relação ao jogo” , explicou.

E o jornalista não pretende aposentar o bordão tão cedo. “Já uso há dois anos pelo menos. Vou continuar usando normalmente. Sem o menor constrangimento, arrependimento, estou com a consciência totalmente tranquila. Os fãs que viram a minha explicação perceberam [que era elogio]”.

Curta nossa página no Facebook.
Siga o Esporteemidia.com no Twitter.
Nos acompanhe no Google+.