Header Ads

Canais esportivos recheiam programação com eventos e programas de e-sports

Até a Globo estreou programa sobre jogos eletrônicos (Reprodução)
As competições de e-sports (esportes eletrônicos) viraram as mais novas queridinhas das emissoras esportivas do Brasil. SporTV, ESPN e Esporte Interativo já têm previsões de transmissões de games em sua programação, segundo publicou o UOL Esporte, por Leandro Carneiro.

O League of Legends ocupará parte da programação do SporTV no primeiro semestre. O Grupo Globo acertou a aquisição dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro do game tanto para TV aberta como TV fechada. Assim, ela transmitirá ao vivo 18 datas da competição, ao vivo, entre janeiro e agosto.

No segundo semestre, a emissora ainda transmitirá o e-Brasileirão, torneio de Pro Evolution Soccer com chancela da CBF.

A ESPN é outra emissora a entrar forte. Depois de uma parceria firmada com a ESL, a emissora prevê transmissão de mais de 100 eventos de games, envolvendo Clash Royale, Counter Strike e League of Legends ao longo do ano.

A emissora também tem os direitos de transmissão do Fifa. No fim de 2016, o canal chegou a promover o campeonato de FIFA Hero League em seus estúdios.

A partir de fevereiro, a ESPN+ ainda trará três programas fixos em sua programação. As atrações serão 'Match Making', 'Multiplayer' e 'Arena e-Sports'.

A programação do Esporte Interativo tem um programa diário para falar do assunto, o 'EI Games'. Os primeiros 45 minutos são na televisão e os 15 finais são transmitidos pela internet.

Para 2017, o canal ainda negocia competições para transmitir. Em 2016, o canal teve transmissão das temporadas 1 e 2 de ELeague, de CS:GO e Overwhatch da ELeague. Sem contar as competições, o Esporte Interativo exibe, em média, 300 horas por ano de programação de esportes eletrônicos no ano.

A prova do crescimento do esportes eletrônicos é que até a Globo já deu espaço para o público. Na madrugada de sábado para domingo, Tiago Leifert apresenta o programa 'Zero1' na emissora.

Curta nossa página no Facebook.
Siga o Esporteemidia.com no Twitter.
Nos acompanhe no Google+.