Header Ads

Felipe Melo diz que alguns jornalistas 'ganham dinheiro para falar mal dos atletas''

Felipe Melo com a camisa do Palmeiras (Felipe Zito/Globoesporte.com)
Em sua polêmica apresentação como novo reforço do Palmeiras, o volante Felipe Melo aproveitou para criticar a imprensa, setor com quem nunca teve muita empatia, principalmente depois das críticas pela expulsão contra a Holanda, na Copa do Mundo de 2010, em que a seleção brasileira foi eliminada nas quartas.

Segundo o ESPN.com.br, ele disparou palavras fortes contra parte dos jornalistas, a quem acusou de "ganhar dinheiro para falar mal" dos atletas profissionais.

"Eu acho que a classe (dos jogadores) é uma classe muito desunida. Vocês, jornalistas, são muito unidos. Se um jogador fala mal de qualquer um de vocês, vocês se unem e vão contra. Nós, jogadores, somos bobos, porque temos que ser mais unidos", iniciou.

"Não estou generalizando, existe mau caráter em todo lugar, bom caráter também. Mas muitos de vocês ganham de dinheiro para falar mal dos outros. Faltam com respeito à família, ser humano e homem", prosseguiu.

"Crítica faz parte, como torcedor eu critico mesmo e faz parte, mas jamais vou falar 'esse cara é um songa-monga, um desgraçado'. É falta de respeito com ser humano. Isso para mim não é diferente do cara que está soltando bomba, porque é maldade, e isso não serve para a humanidade. Falta fechar mais a classe do futebol", completou.

O volante ainda deu de ombros, dizendo que "não precisa da imprensa".

"Nunca precisei de imprensa para nada. Nunca precisei ir em programa de TV para ficar famoso ou ganhar isso ou aquilo. Sempre precisei de Deus. É ele que me capacita. E da minha família", discursou.

"Sei que quando eu fizer jogada boa, vão falar 'o Felipe é bom', quando eu fizer falta vão falar 'o Felipe é maldoso'. Antes isso me preocupava, hoje entra pelo meu ouvido e sai pelo outro", arrematou.

Mesmo assim, citou que os programas de TV só mostram suas faltas, e não suas melhores jogadas.

"Muitos programas de vocês, ao invés de passar jogadas legais do Felipe Melo, passam expulsões de 2009, 2010, mas ninguém passa as jogadas do Felipe Melo, os troféus que levantou. O Felipe Melo não é só porrada, é técnica também", garantiu.

CASAGRANDE DEFENDE FELIPE MELO

Segundo o UOL Esporte, Casagrande saiu em defesa de Felipe Melo, novo contratado do Palmeiras. Para o ex-jogador comentarista da Globo, o meio-campista está coberto de razão em suas queixas em relação ao tratamento que recebe da crítica esportiva brasileira. O comentarista participou da edição paulista do 'Globo Esporte' nesta terça-feira (17),

"Casa, pelo que eu entendi esse cara comparou jornalistas que criticam os jogadores com terroristas?", reclamou Ivan Moré, apresentador do programa, sobre declaração do atleta hoje em sua apresentação ao clube paulista.

Porém, Casão relativizou a fala e deu apoio ao palmeirense: "Tudo bem, esquece a proporção no negócio, ele não soube fazer uma comparação, não, mas eu concordo plenamente com ele. Comentarista não pode chegar, não tem o direito de falar: 'Esse jogador não serve para jogar nesse time, não joga nada, é perna de pau'. Concordo plenamente com ele, tem que ter respeito, mesmo. Nós temos o direito de fazer críticas dentro do jogo, mas nós não temos condições, nem eu que fui jogador, de julgar a qualidade do cara. Podemos dar opinião no modo que está jogando no momento. Julgar a qualidade, não. Não é justo, é maldade, mesmo", disparou Casão, enfático.

"Agora, ele foi infeliz na declaração", insistiu Moré, no que Casão devolveu: "Foi infeliz, mas a gente fica reclamando de jogadores que não falam nada, que ninguém abre a boca e a imprensa reclama. Falta essa movimentação no esporte. O Felipe Melo é um jogador que fala."

Curta nossa página no Facebook.
Siga o Esporteemidia.com no Twitter.
Nos acompanhe no Google+.