Header Ads

'Pequenos' recebem R$ 200 mil no atual contrato de TV do Catarinense

Atual acordo da Globo para mostrar o certame termina em 2017 (Reprodução)
No próximo ano encerra o atual contrato da Globo para televisionamento do Campeonato Catarinense cujo valor não chega a 20% do que é investido pela mesma empresa de TV no Campeonato Gaúcho, onde um time pequeno recebe bem mais que o um catarinense na Série A, segundo o blog do Rodrigo Santos.

Em 2013, os clubes da primeira divisão assinaram a renovação de contrato. A primeira oferta da RBS TV (afiliada Globo) havia sido de R$ 4 milhões por ano para quatro temporadas. O clubes pediram um pouco mais. Conseguiram R$ 5 milhões, mas com um acordo de cinco anos e liberação total de transmissão para a praça. Ou seja, a TV aberta seria concorrente deles próprios.

Agora, surge a informação de que os clubes gaúchos recusaram uma oferta de R$ 34 milhões pelos direitos do campeonato estadual. sendo que, destes, R$ 26 milhões seriam divididos entre Grêmio e Internacional. Mesmo assim, sobraria aos pequenos algo em torno de R$ 800 mil, o que já é cerca de 30% a mais que a Chapecoense, campeã catarinense, recebe. Os menores desejam melhorar a proposta para que eles recebam, ao menos, R$ 1 milhão pelo Gauchão. Em Santa Catarina, reforça a fonte, os menores recebem em torno de R$ 200 mil.

Curta nossa página no Facebook.
Siga o Esporteemidia.com no Twitter.
Nos acompanhe no Google+.