Na contramão dos concorrentes, BandSports não cobre tragédia com avião da Chape

Canal seguia sua programação normal no dia da tragédia na Colômbia (Reprodução)
Houve uma grande mobilização na cobertura do trágico voo da Chapecoense na TV brasileira. Segundo o UOL, por Flávio Ricco, a Globo, por exemplo, já nas primeiras horas da manhã da mesma terça-feira, enviou um verdadeiro exército de repórteres, cinegrafistas e produtores para a Colômbia. Outras emissoras, dentro das suas possibilidades, fizeram o mesmo.

Nos canais esportivos fechados, todos, sem olhar prefixos, também apresentaram uma cobertura à altura, inclusive lamentando as vidas de companheiros de trabalho que se perderam no acidente.

A exceção a tudo foi o BandSports, que seguiu sua vidinha de sempre, como se nada tivesse acontecido. Em vez de colocar alguém para atualizar as informações, seguiram com programas de videogames, reprises e outras insignificâncias do tipo. Um horror.

Ainda segundo o colunista, os donos das TVs nem sempre se dão conta ou conseguem ser informados do que acontece nos seus interiores. Por isso, em boa parte das vezes, são traídos por este desconhecimento. Todas as chefias do BandSports “estavam a postos” na redação, mas nenhum deles se ligou da necessidade de se sintonizar com o mundo.

ATUALIZAÇÃO: O BandSports se fez mais presente na cobertura do trágico acidente com a Chapecoense na sexta e sábado, dia do velório coletivo.

Curta nossa página no Facebook.
Siga o Esporteemidia.com no Twitter.
Nos acompanhe no Google+.



Na contramão dos concorrentes, BandSports não cobre tragédia com avião da Chape Na contramão dos concorrentes, BandSports não cobre tragédia com avião da Chape Reviewed by Ribamar Xavier on 1.12.16 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.