Header Ads

'Fantástico' apresenta final fictícia da Sul-Americana com título da Chapecoense

Galvão Bueno narrou a partida fictícia no programa (Reprodução)
Em homenagem à Chapecoense, o 'Fantástico' deste domingo (4) teve um encerramento diferente, com os cavalinhos do quadro de gols tristes e até um deles, o da Chape, derramando lágrima. Galvão Bueno também colaborou com a atração. As informações são do UOL Esporte.

''Hoje, seria disputada a última rodada do Campeonato Brasileiro. Não tem o menor clima, a rodada foi adiada, hoje não teve jogo, não teve a alegria do futebol no Brasil. Claro que não poderia ter a alegria dos cavalinhos, este é um domingo diferente, um domingo de saudade, um domingo que o máximo que pudemos fazer é mostrar nosso respeito, prestar nossa homenagem. E pensar mais uma vez como a gente queria que tudo fosse diferente'', disse o apresentador Tadeu Schmidt para, na sequência, irem ao ar a narração de Galvão do que seria a celebração do título da Sul-Americana para a simpática equipe de Chapecó, especialmente.

''No nosso sonho, a tragédia não aconteceu. A finalíssima da Copa Sul-Americana é na Arena Condá, casa da Chapecoense. Chapecó inteira tá ali pra assistir'', introduziu Tadeu.

''Bem, amigos da Rede Globo. Falamos direto da Arena Condá, Chapecó, Santa Catarina. É a Chape em busca do primeiro título internacional da sua história. E aí vem eles, entrando em campo pra grande final. A torcida vai à loucura. Aaautoriza o árbitro, é dada a saída…entrou pelo meio, bateu, olha o gol, olha o gol, olha o gol, gooooooool, da Chapecoense, é gol da Chape, é o gol do título da Copa Sul-Americana, a Arena Condá vai ao delírio, é um grande sonho realizado. O juiz aponta o centro do campo, fim de jogo, Chape campeã sul-americana de futebol'', narrou de forma especial Galvão para o programa dominical da Globo.

Curta nossa página no Facebook.
Siga o Esporteemidia.com no Twitter.
Nos acompanhe no Google+.