Header Ads

Com rebaixamento do Inter, Renata Fan volta a chorar no 'Jogo Aberto'

Renata Fan chorando no 'Jogo Aberto' (Reprodução)
"Uma rodada que particularmente será inesquecível, primeiro rebaixamento do Inter na sua história, o time do meu coração, que me move no futebol e continuará me movendo na Série B e onde ele estiver. Estarei sempre com o Inter perto, junto e apoiando, mas independentemente disso não dá para não deixar de falar do fracasso e das coisas ruins e dos erros que foram feitos". Assim, falando sério, Renata Fan abriu o 'Jogo Aberto' desta segunda-feira (12), na Band, segundo o UOL Esporte.

Com a chegada do zoeiro Denilson o estúdio, minutos depois, porém, a derradeira provocação ao seu Inter se iniciou. O comentarista, que tripudiou do drama da companheira ao longo do Brasileirão, se vestiu de Saci, mascote colorado, nesta manhã, com direito a gorro e cachimbo. A apresentadora não segurou o emocional e caiu no choro mais uma vez na atração esportiva da Band.

"O jogo refletiu a temporada do Internacional. Precisava ganhar, pra começar, depois dependia de outros resultados para ficar na Série A. Apático, anímico, sem nenhuma perspectiva de mostrar o que tava fazendo em campo, atacando, chutando de fora da área, nada disso aconteceu e não mereceu vencer o Fluminense. Empatou, nunca conseguiu mostrar garra, vontade, superação, nunca foi um time, os jogadores não funcionaram como time, não foram bem dirigidos pelo presidente, pelo departamento de futebol, nem por Argel Fucks, péssimo; Falcão, péssimo; Celso Roth, péssimo", detonou a loira.

"Olha que em 38 rodadas tem que fazer muita força pra cair. O Inter fez toda a força para não mostrar qualidade. O Internacional de 2016 no Campeonato Brasileiro foi o Internacional que traz vergonha, repúdio e que não condiz com a história do Inter. O rebaixamento não dá pra dizer que foi injusto, foi colhido e plantado pelo Internacional. Como torcedora colorada não quero falar desse time, quero falar dos times que a gente já teve no passado, dos times e dos que virão. Estarei apoiando, torcendo, independentemente de Séries A, B, C, D, o que for. A gente se alia, a gente se junta na dor", acrescentou, declarando sua paixão pelo clube.

Curta nossa página no Facebook.
Siga o Esporteemidia.com no Twitter.
Nos acompanhe no Google+.