Botafogo alfineta Flamengo sobre contrato de TV do Campeonato Carioca

Botafogo já assinou o novo acordo com a  Globo; Flamengo não (André Durão/Globoesporte.com)
Ao comentar o contrato de televisão do Estadual do Rio, o presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, alfinetou o Flamengo com quem não tem relações. Segundo o UOL Esporte, por meio do blog do Ricardo Perrone, acusou o rival de tentar uma posição hegemônica ao pedir uma cota maior do campeonato. O presidente Eduardo Bandeira de Mello rebateu e disse que seu time dá mais audiência do que os rivais, e por isso pede mais dinheiro. Isso ocorreu em Assunção, sede do sorteio da Taça Libertadores da América.

O Flamengo é o único dos grandes que não assinou o contrato do Estadual do Rio de 2017. Alegou que não quer que o dinheiro passe pela Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro), e pediu uma cota maior do que dos outros grandes. No momento, jogos do clube não passarão na emissora.

Pereira começou a falar do Flamengo quando discutia o Estádio Nilton Santos (Engenhão) e o Maracanã. Primeiro, deixou claro que não há relação entre os clubes. E depois explicou algumas das razões para isso:

"Acho que algumas coisa de posturas dos clubes precisam ser adequadas. Não dá para um clube querer se posicionar acima dos demais no Rio de Janeiro. Exatamente isso que está fazendo com que um clube (Flamengo) não tenha assinado o contrato de transmissão de tv do Campeonato Carioca. Esse clube quer ganhar mais do que os outros grandes. Quer inverter uma lógica que sempre dominou o campeonato carioca. Esse é problema."

Em seguida, a fonte questionou Pereira que o Flamengo também reclamava que não queria que o dinheiro da Globo passasse pela Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro). "Existe uma questão verdadeira e existe uma cortina de fumaça que é essa segunda. A grande questão é a primeira que eles querem ganhar mais do que os outros grandes."

E completou: "Tenho certeza que não (existe possibilidade de retenção de cota pela Ferj). É uma coisa puramente financeira de uma visão hegemônica (do Flamengo) não justificada."

Questionado sobre a posição do Botafogo, Bandeira confirmou as exigências, e rebateu com ironias as afirmações: "Não se trata de hegemonia, não existe plano diabólico. Simplesmente, a nossa obrigação é procurar uma remuneração justa pelo que nós oferecemos."

Em seguida, explicou por que o Flamengo quer mais dinheiro:  "São demandas que não representam nada de excepcional. Demanda de um clube que sempre foi recordista de audiência de televisão. E demanda que passe diretamente pelo clube para evitar que se suprimisse parte da nossa cota sem saber por que? Em processo pouco transparente."

Bandeira confirmou que não haverá jogos do Flamengo na televisão se continuar como agora. "No momento, não tem acordo e se começasse o campeonato hoje não teria jogo do Flamengo na televisão. Não tem TV Aberta, pay, per-view. Mas estamos abertos a negociar algo que seja interessante."

Quando Bandeira chegou ao hotel, Carlos Eduardo Pereira passou por ele e os dois se cumprimentaram rapidamente. Não houve conversa entre eles.

Curta nossa página no Facebook.
Siga o Esporteemidia.com no Twitter.
Nos acompanhe no Google+.



Botafogo alfineta Flamengo sobre contrato de TV do Campeonato Carioca Botafogo alfineta Flamengo sobre contrato de TV do Campeonato Carioca Reviewed by Ribamar Xavier on 22.12.16 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.