Alipio Jr. #117: É preciso insistir para mudar

Final da Copa do Brasil foi mostrada para todo país, inclusive RJ e SP (Diego Guichard/Globoesporte.com)
Algumas publicações esportivas fizeram uma interessante matéria sobre a mais nova tentativa da Rede Globo de mudar a cultura do telespectador brasileiro: Assistir jogos de futebol de outras praças, para evitar ficar sem ter que transmitir o evento.

Atualmente funciona assim, principalmente no sul e sudeste: Quando há um time daquela praça jogando automaticamente o seu jogo é exibido. Quando há outro torneio mais importante e os times não participam, antecipa-se jogo de outro campeonato, como fora feito algumas vezes no Brasileirão. Quando nada disso é possível um filme é exibido ou algum programa que estava engavetado.

O brasileiro assiste futebol sempre. A audiência dos canais pagos demonstra que há uma gama de interessados em jogos aleatórios, de times do continente ou europeus, mas que sempre procura um joguinho para se distrair. E a emissora quer unificar sua transmissão, economizando assim no que exibe e ganhando ao apresentar seus patrocinadores de maneira uniforme. Porém a tarefa não será fácil e a culpa acabará sendo dela.

Alipio Jr.
@alipioj
Numa determinada quarta-feira foi exibido o primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil entre Cruzeiro e Grêmio para boa parte do país. O resultado foi pífio, com 17 pontos no Ibope e um dos números mais baixos em se tratando de transmissão esportiva. A disputa fica ainda pior quando se compara com o filme exibido na semana anterior que marcou 22 pontos, ainda longe do resultado da exibição de um jogo do Vasco pela Série B, que chegou a 26 pontos.

Acho que a emissora errou na escolha. Neste mesmo dia houve o primeiro jogo da semifinal da Chapecoense que estava muito mais interessante e Atlético-MG vs. Internacional, com gols e mais animados. Ora se já estou vendo um jogo que não é o do meu time, óbvio que vou procurar aquele que parecer mais atrativo ou que pelo menos tiver mais gols. Outro erro foi que antes desta semifinal, o escolhido para teste em parte da rede nacional foi Santos e Gama, outro jogo com apelo nulo.

A transmissão de um evento único para todo país parece uma economia da própria emissora, deslocando apenas uma das suas equipes para aquele evento e deixando os demais a cargo dos seus canais a cabo, fortalecendo assim o pay-per-view da própria emissora. O problema é que as escolhas são para lá de questionáveis, exibindo para a grande rede Palmeiras e Chapecoense. Este jogo marcou o título, mas havia outros clubes regionais ainda em disputas importantes e isso afugenta o telespectador.

Querer acabar com a regionalização no meio da semana é algo que poderá ser interessante para permitir que todo o país possa ver outros times. Impediria que apenas alguns queridinhos sejam exibidos insistentemente e agradaria os demais patrocinadores, que terão a exibição da sua marca para praças que costumeiramente não aparecem. Só falta saber escolher melhor que jogo transmitir e optar por aqueles que notoriamente possuírem mais apelo para outras regiões.

E você caro leitor, sua região é só retransmissão do sinal do Sudeste? Acharia interessante ver jogos de fora do seu Estado na teve aberta?

Abraços e até a próxima.

Curta nossa página no Facebook.
Siga o Esporteemidia.com no Twitter.
Nos acompanhe no Google+.



Alipio Jr. #117: É preciso insistir para mudar Alipio Jr. #117: É preciso insistir para mudar Reviewed by Ribamar Xavier on 14.12.16 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.