Albio Melchioretto #119: Como será 2017? Parte II, Chegou e Agora?

Colunista projeta Libertadores 'esticada' na tela do FOX Sports (Reprodução)
Nobres leitores, a coluna desta semana tem continuação com o último escrito. E volto a falar de política no abre do espaço. A quem interessa a visão de pessimismo e de descrédito nas instituições sociais? Ao criticar as instituições e o pessimismo sobre ela existe o risco do auto descrédito. Se nada tem valor, o qualquer coisa está valendo! A política tudo envolve. Em nosso país, política e esporte nunca foram dissociados e a imprensa televisiva tem um papel fundamental, seja na posição ou na oposição a ideias e discursos, ou será normal a estampa da “caixa” em tantas camisas país a fora?

Albio Melchioretto
albio.melchioretto@gmail.com
@amelchioretto
O canal Fox Sports, a casa da Libertadores, deverá construir um puxadinho. A ampliação da competição traz algumas questões. Com o maior de número de partícipes o nível técnico da competição deverá cair. O que significa exposição menos interessante da televisão. A televisão ganha e tempo de exposição, mas imagino que deva perder em qualidade do produto. Por outro lado, o aumento de brasileiros deve trazer ao canal os aficionados. Outra questão, que o canal deverá ter cuidado é em manter o espectador ao novo formato da competição, principalmente no que tangerá ao tempo de duração. Neste espaço todo, qual o espaço da Sul-americana? Falo somente do FS, porque as transmissões do Sportv são restritas a poucos jogos. Mas a competição mostrará que a expansão será apenas um puxado, sem grande técnica e tática.

Tóquio-20 parece distante... e ficará cada vez mais longe. A Record abriu mão da competição. Infelizmente é a tendência. Se após Rio-16 as competições olímpicas perderam espaços da televisão, em 2017 vão praticamente sumir. E voltamos a correr atrás do próprio rabo. Sem mostragem não haverá negócio, discussão pública, interessados. Aos poucos a não-exibição evidencia a morte do esporte olímpico. Handebol e Basquete na Band, vôlei na RedeTV!, uma coisa aqui e outra acolá na Globo são apenas suspiros. O esporte olímpico brasileiro carece de um problema sério de gestão. Profissionalização da gestão é uma necessidade e urge, e falar em profissionalização, significa ir além das relações obscuras com o Estado e com políticos...

E por fim, o que acontecerá com a F Indy na tela da BAND?

Curta nossa página no Facebook.
Siga o Esporteemidia.com no Twitter.
Nos acompanhe no Google+.



Albio Melchioretto #119: Como será 2017? Parte II, Chegou e Agora? Albio Melchioretto #119: Como será 2017? Parte II, Chegou e Agora? Reviewed by Ribamar Xavier on 19.12.16 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.