Header Ads

Mário Sérgio quase não embarca em voo com a delegação da Chapecoense

Mário Sérgio é uma das vítimas do trágico acidente na Colômbia (Reprodução)
A lista de vítimas fatais do voo da Chapecoense tem um nome conhecido do grande público: Mário Sérgio, ex-jogador, técnico e, mais recentemente, comentarista esportivo do FOX Sports. Mas, segundo o UOL Esporte, ele quase não embarcou para o episódio trágico que custou a vida de mais de 70 pessoas.

Inicialmente, até mesmo uma pequena confusão na escala do canal deu a entender que o comentarista poderia estar fora dessa viagem. Como não participou da transmissão do último jogo da Chapecoense na Copa Sul-Americana – semifinal que deu vaga na decisão – por conta de problemas pessoais, alguns imaginavam que ele não iria para o jogo final na Colômbia.

Mas Mário Sérgio foi confirmado. Ainda assim, esteve em dúvida sobre os próximos passos na emissora, de acordo com relatos do também jornalista Mauro Beting em áudio gravado na manhã desta terça-feira (29).

De acordo com Beting, uma conversa na noite da última segunda (28) com a esposa de Mário revelava uma insatisfação do comentarista com a emissora. A 'gota d'água' teria sido uma série de problemas logísiticos na viagem que acabou por ser fatal.

"Hoje foi a gota d'água. Ele está infeliz. Vamos tentar rescindir o contrato dele. Ele está muito p... com a Fox há tempos. A gente não sabe nem como ele volta de lá. Ele quase não foi. Só foi porque tem compromissos financeiros", teria dito a esposa a Beting, na conversa de segunda (28).

Mauro completou. "Tem hora que temos que falar 'não vamos', disse, com a voz embargada pela morte do amigo de anos.

Além de Mário Sérgio, outros integrantes da FOX também estavam no voo trágico: o narrador Deva Pascovicci, o comentarista Paulo Júlio Clement, o repórter Victornino Chermont e o cinegrafista Rodrigo Santana. Equipes da TV Globo e da RBS também estavam no avião.

Curta nossa página no Facebook.
Siga o Esporteemidia.com no Twitter.
Nos acompanhe no Google+.