Contrato de TV da Primeira Liga não deve ter mudança mesmo com saída da dupla Atletiba

Atlético/PR e Coritiba não integram mais a Primeira Liga (Reprodução)
A diretoria da Primeira Liga pretende manter inalterado o valor do acerto com a Globo para os direitos do campeonato mesmo com as saídas de Atlético/PR e Coritiba. A informação é do UOL Esporte, por Rodrigo Mattos. A proposta da emissora era pagar cerca de R$ 70 milhões por três anos. A discussão do contrato deve ocorrer em relação ao impacto da mudança de cronograma da competição.

O abandono da liga pelos times paranaenses ocorreu porque eles não concordaram com a divisão de cotas de televisão. Pelo acordo feito entre os clubes, o Flamengo receberá mais dinheiro, sendo um segundo grupo composto pelos times mineiros, gaúchos e o Fluminense. Em seguida, viriam os paranaenses.

Essa divisão deve ser mantida, embora ainda não tenha havido votação. O que ainda terá de ser conversado com a Globo para se fechar efetivamente o contrato é a questão das datas.

Com o calendário apertado no início do ano, onde a CBF concentrou mais competições, a Primeira Liga teve de marcar as fases finais para agosto, setembro e outubro, quando será a decisão. A diretoria da liga admite que terá de conversar com a Globo sobre essas modificações em relação ao previsto inicialmente.

Fora isso, a liga foca em tentar obter receitas com placas e naming rights para tentar alavancar os ganhos.

Curta nossa página no Facebook.
Siga o Esporteemidia.com no Twitter.
Nos acompanhe no Google+.



Contrato de TV da Primeira Liga não deve ter mudança mesmo com saída da dupla Atletiba Contrato de TV da Primeira Liga não deve ter mudança mesmo com saída da dupla Atletiba Reviewed by Ribamar Xavier on 27.11.16 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.